julho 22, 2021

Yin e Yang: o que são e qual seu significado?

O Taijutu: símbolo do yin e do yang

Certamente você já se deparou com o Taijitu (pronuncia-se T’ai Chi T’u), a representação do yin e do yang (inclusive você pode ver joias por aí com o símbolo do yin e do yang).

 yin e do yang

Vamos falar sobre esse símbolo preto e branco onde essas cores se misturam e se contrastam, e que é um ícone dos princípios do Taoísmo e tem um significado que poucos realmente conhecem.

Mas o que realmente queremos dizer quando nomeamos yin e yang?

Yin e yang é um princípio da filosofia chinesa, onde yin e yang são duas energias opostas, necessárias e complementares, onde a existência de uma depende da existência da outra.

O yin e o yang são uma chave de harmonia, que gera equilíbrio e produz a interação entre as duas energias.

Yin e yang são dois conceitos do Taoísmo que expõem a dualidade de tudo no universo. O yang é uma energia luminosa, uma energia positiva. Enquanto que, pelo contrário, o yin é uma energia negativa, passiva.

Cada objeto e cada situação se relacionam com essa dualidade forte, essencial para a busca do equilíbrio e para o alcance do bem-estar e da sorte.

Para manter o equilíbrio em nossas vidas, portanto, é necessária uma harmonia entre yin e yang.

Yin e Yang: correspondências

Embora seja correto relacionar o yin e o yang com a lua e o sol, não podemos falar exatamente de um feminino e de um masculino, pelo menos não separados e antagônicos: esta seria uma definição completamente errada, porque o taoísmo é basicamente composto de energias positivas e negativa que se interpenetram.

Yin e Yang: correspondências

As duas pequenas esferas dentro do símbolo representam precisamente a ideia de que cada uma das forças atinge seu ponto extremo e manifesta uma sensação oposta dentro de si.

Em relação ao ponto anterior, quando há um equilíbrio perfeito entre os dois elementos isso é sinônimo de bem-estar.

Mas quando o equilíbrio é rompido, surge o conflito na vida do ser humano. Consequentemente, não deve haver excesso ou deficiência de yin ou yang, pois isso afetaria negativamente a energia: por isso é importante na visão da filosofia chinesa a prática do feng shui, a arte de buscar o equilíbrio na decoração de uma casa, fundamental para manter o equilíbrio na vida de um indivíduo.

No mundo das tatuagens, o símbolo do yin e do yang é muito popular precisamente porque representa o equilíbrio. As tatuagens com yin e yang são cada vez mais frequentes, até porque muitas pessoas no Ocidente estão adotando essa filosofia oriental, reconhecendo-se plenamente nela.

Yin e Yang na dieta

Você também sabia que existe uma dieta yin e yang? A regra filosófica classifica os diferentes alimentos em duas categorias principais: yin (alimentos considerados passivos) e yang (alimentos com energias ativas).

Um equilíbrio entre esses dois grupos de alimentos visa alcançar o bem-estar físico e espiritual.

Devemos distinguir não apenas os alimentos yin e yang, mas também aqueles que não podem ser considerados como tais, pois contêm um excesso de yin ou yang.

Resumindo, uma dieta balanceada deve consistir em basicamente 50% de cereais, 25% de vegetais, 10% de legumes e, finalmente, 5% de frutas, frutos do mar, peixe e sopas.

Mas quais alimentos pertencem a uma categoria e quais pertencem à outra?

Alimentos Yin são frutas, vegetais com folhas, sementes, tofu, sucos naturais de frutas e vegetais e geleia sem açúcar.

No entanto, alimentos com excesso de yin, como açúcar, doces e bolos, álcool, chá, café e especiarias, devem ser evitados, seu consumo reduzido, segundo essa filosofia dietética.

Alimentos Yang são grãos inteiros, massas e farinhas de trigo, raízes, legumes, peixes, queijo, sal, shoyu e missô.

Novamente, existem alimentos com excesso de yang, incluindo carne vermelha, aves, queijos duros e mais salgados e ovos. Que também requerem um consumo mais moderado.

Em que outras áreas o conceito se aplica?

Além da dieta e do feng shui, a filosofia chinesa aplica este conceito a muitos outros ramos da vida.

É uma das diretrizes da medicina tradicional chinesa, em que se insere a acupuntura.

É também o foco de muitas artes marciais chinesas ou exercícios físicos, como tai chi, kung fu, qigong e da adivinhação do I Ching.

A classificação tradicional Yin/Yang

Yin / Yang

preto / branco

luz / escuridão

clareza / confusão

demônios (gui) / deuses (shen)

Lua / Sol

noite / dia

passivo / ativo

frio / quente

negativo / positivo

norte / sul

oeste / leste

céu /terra

água (shui) /fogo (huo)

fênix (feng) / dragão (long)

O yin (preto) e o yang (branco) também são chamados de “os dois peixes yin e yang” porque são duas metades iguais com maior concentração no centro e no respectivo lado, e quando o yang atinge seu máximo, seu ápice, inevitavelmente começa o yin.

As duas polaridades não implicam na divisão yin = mal e yang = bem, mas são simplesmente duas polaridades energéticas (é o que indica o Tao Te Ching, de Lao Tzu).

Origem tradicional

Antes da criação do universo havia apenas Wuji (“Apolaridade”; “Sem Pólo”), o que pode ser definido como um potencial nada; a partir dali, então começou o Taiji (“Pólo Supremo”), que é a primeira força que nasceu, dividindo-se em yin e yang.

Em cada metade existe o potencial do respectivo oposto.

Princípios Yin e Yang

Todo o mundo manifesto é baseado nos dois princípios de yin e yang.

  O yin e o yang são opostos: qualquer coisa tem seu oposto, não absoluto, mas em termos comparativos. Nada pode ser completamente yin ou completamente yang; um contém a semente de seu oposto.

  O yin e o yang têm raízes um no outro: são interdependentes; têm origem recíproca, um não pode existir sem o outro, e isso deve ser sempre mantido em mentes ao se pensar sobre esta filosofia.

O yin e o yang e a natureza

O yin e o yang e a natureza

No equinócio da primavera, o dia e a noite estão equilibrados; com o passar dos meses, os dias ficam mais longos, o yang, a luz, começa a aumentar até atingir seu pico no solstício de verão.

Então os dias ficam cada vez mais curtos e a luz, Yang, diminui até que, no equinócio de outono, o dia e a noite se equilibram novamente.

Agora chegamos ao Yin, à escuridão, que predomina, até seu auge no solstício de inverno.

Com o passar dos meses, a escuridão diminui mais e mais e a luz aumenta, para voltar ao equilíbrio no próximo equinócio da primavera.

Mesmo no processo de respiração, a inalação exige exalação; no ciclo cardíaco, a sístole, a fase de contração do coração, é seguida pela diástole, a fase de relaxamento do músculo cardíaco.

A natureza cíclica dos dois princípios é a explicação de todos os fenômenos naturais.

Yin e Yang são a dualidade motriz da mecânica cósmica e o microcosmo humano corresponde ao macrocosmo de nosso universo.



Dúvidas no Amor?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

novembro 8, 2021

setembro 14, 2021

setembro 13, 2021

>