setembro 7, 2020

Traição tem perdão? O que fazer quando descobrir uma traição

COMPARTILHE

O que pode ser considerado uma traição?

Traição tem perdão? Podemos considerar uma traição como a quebra de um acordo. Tanto no relacionamento amoroso como em outros relacionamentos da vida.

Por exemplo, se você prometeu a um amigo ou amiga guardar um segredo e sai contando por aí, isso é uma traição.

Traição é uma quebra de confiança.

No relacionamento amoroso, fazer sexo com outra pessoa pode ser considerado sim uma traição se você e o outro se comprometeram a uma exclusividade sexual. E ainda mais grave é a traição quando além do sexo há sentimentos envolvidos.

Traição é enganar e mentir. E muitas vezes é dissimular. Quem trai pode fingir que nada está acontecendo. Embora também existam os que se culpem e mesmo assim não conseguem parar de trair.

No relacionamento amoroso, isso pode ser devido a alguma forma de compulsão ou insatisfação sexual, ou por carências emocionais. Assim como os seres humanos são inúmeros, da mesma forma as formas de traição são inúmeras.

Algo fundamental de se entender é que os relacionamentos têm regras. Mesmo os relacionamentos considerados mais liberais têm determinadas coisas que são admitidas dentro dele ou não. E traição é quebrar regras. É fazer pouco-caso de algo que foi estabelecido pelas duas pessoas envolvidas.

A traição, consequentemente, acaba sendo encarada como uma falta de respeito por quem é traído. E a pessoa enganada não deixa de estar certa.

Quais os sinais de traição?

Quais-os-sinais-de-traição

Os sinais de uma traição são muito variados.

Por exemplo, seu parceiro pode estar mais distante e distraído. Você fala, e ele não presta realmente atenção ao que você diz. Está em outro mundo.

Ou então seu parceiro ou parceira troca olhares com frequência com outras pessoas. E pode fazer isso pelas suas costas ou na sua frente, o que não deixa de ser desagradável.

Ou ainda ele esconde coisas de você. Não fala direito sobre a rotina do dia dele. Omite informações.

Ele também pode mentir na cara dura e entrar em contradições. Diz que vai no supermercado com a irmã, mas depois você conversa com a irmã dele e descobre que ela estava em casa o tempo todo.

Todos estes podem ser sinais de traição. Mas não fique paranoica (a). Os indícios servem para que você se torne uma pessoa mais atenta e cuidadosa com seus próprios sentimentos. Observe e investigue se seu parceiro está brincado com esses sentimentos. Converse. Busque sempre o diálogo.

Brigas sem fim não levam a uma boa solução. Tenha em mente que o diálogo deve ter um mínimo de serenidade e equilíbrio das duas partes. Se a traição estiver acontecendo, mais cedo ou mais tarde ela revelará.

Quando a traição tem perdão?

Quando-a-traição-tem-perdão

Estamos acostumados a pensar que a traição não tem perdão. E a quebra de confiança de fato é algo grave, que machuca. Mas temos que ver cada caso com atenção.

Há um determinado tipo de traição que de fato não tem perdão. Quando há em jogo sentimentos muito intensos, quando “a outra” ou “o outro” já é alguém que entrou na vida do seu parceiro (que nesse caso acaba se tornando ex-parceiro) para valer.

Nessa situação, você já ficou em segundo plano, então é melhor se afastar.

Já em outros casos a pessoa pode ter se arrependido sinceramente do erro que cometeu e de fato nunca voltará a trair novamente.

Mas como saber se um arrependimento é sincero?

Como em tudo, há sinais. A pessoa deve demonstrar por ações e não apenas por palavras que está arrependida.

De nada adiante dizer que “percebeu que te ama” depois que está prestes a te perder,mas ficar cometendo os mesmos erros, continuar sendo desatenta e pouco atenciosa. A pessoa precisa se esforçar para te reconquistar.

Caso contrário, a traição pode não ser um episódio isolado e se tornar rotina.

Como superar uma traição?

Como-superar-uma-traição

Há várias formas de superar uma traição. Elas variam de pessoa para pessoa.

Algo importante é, se você se decidir a perdoar uma traição, tem que perdoar decoração, não pode ser da boca para fora. Caso contrário você só estará se enganando e não conseguirá superar e continuará sofrendo.

Se está disposta a dar outra chance, terá que confiar. Caso contrário, é melhor terminar.

Um modo de superar uma traição é, se vocês não faziam mais muitas coisas juntas, voltarem a fazer, a ter momentos prazerosos juntos. Evitem as brigas e procurem cada vez mais passar horas agradáveis um com o outro.

Se quer superar uma traição, coloque seu foco nas coisas boas do relacionamento e nos aspectos positivos do seu parceiro. Não feche os olhos, mas não procure ficar desconfiando de tudo e de todos. No começo pode parecer inevitável duvidar, mas se o seu parceiro se arrependeu de verdade ele vai demonstrar isso.

Se ele tem medo de te perder, vai se mostrar mais carinhoso e atencioso.

Dar um “gelo” na pessoa pode ser necessário. Tirar um tempo para os dois refletirem, ficarem sozinhos. Quem traiu poderá assim, também pelo sofrimento, mudar de verdade, perceber os próprios erros.

Também há ocasiões em que a vítima da traição cometeu seus erros. Afinal, não somos perfeitos. A pessoa podia ser do tipo que sufocava e constrangia o parceiro, o que o levou a procurar outra pessoa.

Assim, temos que ver com atenção que cada caso é um caso. Se estiver muito difícil para o casal, e mesmo assim quiserem superar a traição e continuar juntos, pode ser interessante buscar um terapeuta.

A terapia pode ser individual ou pode ser feita uma terapia de casal com um profissional da preferência de ambos.

Se a decisão for terminar o relacionamento, um tempo de “luto” costuma ser necessário. Mas não se deixe cair na depressão. Depois de algum tempo volte a sair, frequente seus amigos, se distraia bastante, até que num determinado momento aparecerá um novo amor. E, como dizem, um amor antigo muitas vezes só é plenamente esquecido com um novo!

Quando for se envolver novamente, muito cuidado porém para não projetar no novo parceiro defeitos do anterior. Não é porque uma pessoa te traiu que todos vão fazer.

Portanto, se você ainda não consegue confiar, ou evite relacionamentos por um tempo ou busque ajuda profissional.

O que não pode é achar que não merece ninguém e se considerar um lixo ou alguém desprezível ou feio, ou incapaz de ser amado, porque foi traída (o).

Um golpe na autoestima pode ser inevitável, mas siga em frente, erga a cabeça e se cuide. Se sentir vontade, faça um curso novo, faça academia, faça uma prática espiritual: qualquer coisa que possa ajudar você a se sentir bem e elevar de novo sua autoestima.

Todas as coisas passam. E mesmo a traição, por mais desagradável que seja, é apenas uma fase na sua vida.

Você tem muitos anos pela frente e sua vida tem tudo para ser próspera e feliz em todos os sentidos!

Leia também nosso artigo Tarot Traição, e fique sabendo quais cartas indicam traição no relacionamento.

Gostou do artigo? Comente aqui e compartilhe em suas redes sociais.

Gratidão, Paz e Luz


Compartilhe!


VT-Post-Vanessa-Ramos

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.


Veja também...

setembro 24, 2020

setembro 21, 2020

setembro 17, 2020

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Publicação Anterior
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Próxima Publicação

Deixe seus comentários...

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>