junho 13, 2018

Os diferentes tipos de mandalas e seus significados

As mandalas e seus significados

As mandalas estão em alta e presentes em nosso cotidiano. Seja em artesanatos ou em tatuagens, existem vários tipos de mandalas e elas podem ter muitos significados.

A maioria das pessoas opta por utilizar mandalas por sua beleza, mas elas têm um significado muito mais profundo e antes de utilizá-las é preciso conhecê-las bem.

Neste artigo você entenderá um pouco mais sobre as mandalas, conhecendo os vários tipos de mandalas e o que elas representam.

O que são mandalas

O termo mandala é originário da língua sânscrita (uma língua morta que tem raízes na índia) e que significa círculo.

É fácil entender o motivo de significar círculo. Afinal, elas possuem esta forma geométrica. Mas as mandalas podem ter outros formatos, como triângulos ou quadrados, embora sempre inserido dentro de um círculo.

Mas se você pensa que a mandala é só um círculo desenhado com algumas linhas ou desenhos, você se engana. Elas possuem um significado muito mais profundo e até mesmo divino.

A mandala é uma concentração de energia. Por isso é importante conhecer muito bem seu significado e não utilizar uma mandala apenas por estar na moda ou ser bonita.

Mandalas não são apenas uma forma. Sua energia tem o poder de levar a estados de meditação, tranquilidade e harmonia.

Além disso, algumas religiões a utilizam com símbolo, indicando atributos de algumas divindades. Entre as mandalas com ligação religiosa mais conhecidas, temos o Tei-Gi (o famoso símbolo do Yin e Yang, ligado sobretudo ao taoísmo).

As mandalas podem ter muitos formatos, tipos e cores. É importante conhecer o significado de cada uma delas.

Os principais tipos de mandalas

  • Círculo: são os formatos mais conhecidos de mandala. Afinal, sua tradução é justamente essa. As mandalas em formato circular transmitem energia e causam sensação de hipnose, relaxando quem as observa;
  • Triângulo: têm o significado da busca espiritual do ser humano;
  • Quadrado: as mandalas quadradas buscam o equilíbrio do homem em todas as suas áreas;
  • Pentagrama: está relacionada com a alquimia. Muitos magos se utilizavam deste formato de mandala. Ela tem o poder de renovar o ambiente;
  • Hexágono: está relacionada à harmonização do ambiente familiar;
  • Curvas: as mandalas com várias linhas em curvas estão relacionadas ao lado emocional;
  • Retas: enquanto as curvas estão ligadas ao lado emocional, as retas estão ligadas ao lado racional;
  • Espiral: têm o objetivo de cura;
  • Coração: as mandalas em forma de coração indicam a busca por união entre pessoas que integram determinado ambiente;
  • Sol: as mandalas com o desenho do Sol trazem amor e felicidade ao ambiente;
  • Estrela: tem o significado de liberdade;
  • Borboleta: as mandalas de borboleta, além de sua beleza, trazem renovação ao ambiente;

Tipos de mandalas em relação às cores

Não são apenas os formatos das mandalas que modificam o ambiente, mas também suas cores.

Existem estudos na área da psicologia ligados às representações das cores. Uma mandala dentro de um ambiente pode trazer uma energia diferente dependendo da sua cor.

Antes de comprar uma mandala e colocá-la em seu quarto ou sala, é preciso saber seu significado, para se evitar um efeito contrário ao que se deseja. Vamos conhecer o significado de cada cor em uma mandala:

  • Vermelho: causa excitação, energia e pode afastar sentimentos de depressão. Mas ela também pode deixar as pessoas mais irritadas e até mesmo tirar o sono;
  • Amarelo: está ligada à inteligência e pode ajudar as pessoas que estão em busca de mais criatividade. Mandalas desta cor também trazem mais alegria ao ambiente;
  • Laranja: é a representação do Sol. Traz iluminação para as pessoas que estão no ambiente e também pode representar coragem. É ideal para as pessoas que passaram por um momento difícil e precisam se reerguer;
  • Verde: tem o poder de acalmar um ambiente. Também está ligada à cura;
  • Azul: ideal para quem tem problemas de insônia ou estresse. O azul traz ainda esperança;
  • Violeta: limpa o ambiente de coisas negativas, pois está ligada à espiritualidade;
  • Rosa: melhora os relacionamentos pessoais e até mesmo profissionais;
  • Branco: significa pureza e inocência. Pode limpar ou purificar um ambiente mais pesado;
  • Preto: traz formalidade para o ambiente;
  • Dourado: quem busca dinheiro ou sucesso profissional pode se beneficiar do poder desta mandala.

O que faz uma mandala

Embora para a maioria das pessoas este seja um objeto meramente decorativo e de certa forma bonito, a mandala é muito mais que isso.

Ela possui propriedades relaxantes e espirituais, pois está carregada de uma energia que irá penetrar no ambiente em que ela se encontra.

Estudos de psicoterapia, como os de Carl Jung, já estudavam as mandalas. Para ele, as mandalas eram uma personificação, ou seja, elas traziam interpretações e simbologias referentes às personalidades dos indivíduos.

Alguns tipos de mandalas: 

Cubo de Metraton: 

O CUBO DE METATRON contém todas as formas da Geometria Sagrada. É a representação viva de toda a Criação, do visível e do oculto.

cubo de metatron

Metatron rege a fluidez da energia Divina na forma desse cubo que representa as formas geométricas da criação. 

A Árvore da Vida da Kabbalah está representada nesse conjunto de esferas, assim como a Estrela de David e a Merkabah.

As esferas estão ligadas ao feminino, enquanto as linhas retas estão ligadas ao masculino. Esses símbolos compõem a junção das polaridades masculinas e femininas para criar o Todo. 

O Cubo de Metatron incorpora as formas existentes no universo e que são os blocos de formação de todas as coisas que existem no mundo material.

 

Flor da Vida:

Essa Mandala é encontrada em ruínas Egípcias e em templos Hindus e Budistas, mostrando que seu uso e conhecimento é bem antigo e ainda cheio de mistérios. Essa mandala é formada por 64 tetraedros e apresenta as seguintes características:

Flor-da-vida

1) contém um mínimo de sete círculos. Todos, exceto o externo, têm o mesmo diâmetro;

2) os círculos se sobrepõem, de modo que o centro de cada um coincide com a circunferência dos círculos restantes;

3) os círculos internos estão integrados em um maior externo, que representa o Todo ou a Criação, em um padrão de simetria perfeita.

De um átomo até uma galáxia, vemos os padrões e semelhanças, como a rotação em volta de um núcleo.

Os elétrons giram em torno do núcleo do átomo. A Terra orbita o Sol e o Sol orbita a Via Láctea, que, por sua vez, gira em torno do grande desconhecido.

A flor da vida é o padrão da criação e da vida.

Shri Yantra

O YANTRA mais famoso da Índia é o Shri Yantra. É a representação do todo o universo e serve para mostrar  que não diferenças entre tudo o que existe.

Shri Yantra

O Shri Yantra vibra força, otimismo, autoridade, fama, prosperidade financeira, boa sorte. Shri significa riqueza, abundância. Em sânscrito. Yantra significa “instrumento”.

É usado para atrair conquistas mundanas através das forças de propósito individual. Medite olhando para o Shri Yantra e focalizando suas conquistas. 

Através desse símbolo, é possível usar seu poder mental para atrair a riqueza material e também espiritual.

Qualquer pessoa usando o Shri Yantra conquista muito mais abundância, paz e harmonia.

O Shri Yantra ajuda a quebrar todos os obstáculos em nossas vidas. 

Mandalas: conclusão

Você viu nesse artigo que mandalas não são simples formas e que possuem um significado muito mais profundo e até mesmo espiritual.

Agora que você já conheceu os diferentes tipos de mandalas e entendeu o significado de cada uma delas e até mesmo de suas cores, escolha aquela que mais se encaixa nas necessidades que você possui atualmente!

Gostou do nosso Artigo?

Adoraríamos conhecer sua opinião. Comente e compartilhe em suas redes sociais.

Gratidão



Dúvidas no Amor?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

outubro 18, 2021

outubro 15, 2021

outubro 14, 2021

>