outubro 18, 2021

Santa Bárbara: fé e proteção.

Quem foi Santa Bárbara?

Santa Bárbara

Santa Bárbara nasceu na cidade de Nicomédia, na atual Turquia.

Seu pai estava entre os mais cruéis perseguidores de cristãos de sua época.

No entanto, educada nas letras, conheceu a história dos mistérios cristãos.

Para manter mais forte na sua mente o mistério da Santíssima Trindade, fez com que fosse aberta uma terceira janela na torre de seu castelo. Dessa maneira, pretendia se elevar para mais perto de Deus.

Só que seu pai percebeu a janela extra e resolveu pedir explicações a respeito. Ela lhe falou sobre Cristo e tentou convertê-lo e lhe explicar o mistério da Cruz.

A torre acabou se tornando sua prisão, devido a um pai perverso e também ciumento de sua beleza, que não abriu seu coração para Cristo.

Diz-se que, durante uma longa ausência de seu pai, a menina conseguiu escapar da prisão e ser batizada perto de um lago.

Vagando na mata, ela então encontrou refúgio em uma cabana de pastor, mas, traída, foi entregue nas mãos cruéis de seu pai, que, para puni-la, a denunciou como cristã às autoridades e a prendeu.

Testemunhou com absurda indiferença, segundo alguns relatos, até mesmo as torturas às quais ela foi submetida.

O juiz que a julgou, sabendo de como Santa Bárbara valorizava sua castidade, ordenou que ela vagasse nua para que fosse humilhada em público e sua beleza fosse alvo de olhares cheios de luxúria.

No dia marcado, porém, uma nuvem densa e negra, milagrosamente enviada do céu, envolveu seu corpo, protegendo-a de olhares indiscretos.

Quando ela foi enviada para a morte, o próprio pai dela foi o seu carrasco: com um golpe de espada aplicado com ferocidade insana, decapitou sua filha.

Mas quando a cabeça de Bárbara caiu ensanguentada no chão, um raio azul atingiu o homem, incinerando-o instantaneamente.

A morte súbita, enviada como um castigo do céu, fez jus ao crime atroz.

Segundo a tradição, certamente mandou a alma do pai cruel para o inferno, antes que ele tivesse tempo de se arrepender.

Desde então, a virgem Santa Bárbara, martirizada por sua fé e por sua pureza no século III, é invocada pelos cristãos contra os perigos dos raios, das armas e das mortes repentinas que podem acontecer sem que antes se tenha obtido o perdão de Deus através da Confissão.

Santa Bárbara é a protetora dos trabalhadores que lidam com fogo e armas, como bombeiros e pirotécnicos, e também daqueles trabalhadores que arriscam suas vidas com a possibilidade de morrer repentinamente, por acidente, sem o conforto dos sacramentos, como pedreiros e mineiros.

4 de dezembro é o dia de Santa Bárbara.

Oração a Santa Bárbara

Ilustre Virgem e Mártir Santa Bárbara,

Nossa defensora,

Escolhida por nosso Pai para a custódia desta terra consagrada,

Receba a adoração que temos por você

E os votos que lhe oferecemos.

Por favor, obtenha para nós bons frutos por nossas boas obras,

E reforce nossa fé viva,

Para que com firme esperança possamos aspirar ao céu,

Para desfrutarmos junto com os anjos e santos

No esplendor da Caridade Eterna.

Amén.

Oração de Santa Bárbara para ter mais fé e perseverança

Ó gloriosa virgem de Nicomédia, Santa Bárbara,

que apesar da severa prisão que lhe foi infligida

por seu próprio pai, por medo de que você se tornasse cristã,

seguiu firme em seu propósito de ser educada nesta religião

e conseguiu ser batizada,

invocamos seu favor e sua força para que tenhamos a mesma perseverança.

Ajude-nos a valorizar o grande dom da fé,

mantendo-o vivo e ativo, apesar de todos

os ataques do mundo e dos demônios.

Glória a Deus.

Santa Bárbara na Umbanda e no Candomblé

Segundo o sincretismo, Santa Bárbara está associada a Iansã, que é a orixá guerreira que rege as tempestades, os ventos, os relâmpagos e raios e é senhora das almas.

Santa Bárbara na Umbanda e no Candomblé

Na Umbanda, ela defende e liberta seus fiéis de ataques tanto físicos como espirituais.

O culto de Iansã chegou ao Brasil através dos nigerianos que foram escravizados por aqui e, segundo sua história, quando jovem ela despertou paixões em grandes reis e senhores, e sua grande meta era conhecer o máximo que podia sobre o mundo.

Os devotos a Iansã no Brasil são muitos, inclusive alguns famosos.

Maria Bethânia tem uma música que compôs para Iansã: “Senhora do Raio e do Vento”.

Pode-se dizer que a natureza das duas entidades é bem diferente a princípio, mas Iansã e Santa Bárbara foram sincretizadas por conta da influência de Santa Bárbara, na tradição cristã, sobre os relâmpagos, trovões e tempestades, afinal seu pai malvado morreu atingido por um raio.

Prece a Santa Bárbara sincretizada com Iansã na Umbanda

Santa Bárbara, que sois mais forte do que as torres das fortalezas e a violência dos furacões, fazei que os raios não me atinjam, os trovões não me assustem e o troar dos canhões não me abalem a coragem e a bravura.

Ficai sempre ao meu lado para que possa enfrentar de fronte erguida e rosto sereno todas as tempestades e batalhas de minha vida.

Para que, vencedor (a) de todas as lutas, com a consciência do dever cumprido, possa agradecer a vós, minha protetora, e render graças a Deus, criador do céu, da terra e da natureza: este Deus que tem poder de dominar o furor das tempestades e abrandar a crueldade das guerras.

Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Simpatia de Santa Bárbara

Você vai necessitar aqui em primeiro lugar de uma vela de Santa Bárbara, um tipo de vela que pode achar em lojas de artigos religiosos.

A segunda etapa é adquirir nove maçãs vermelhas e 81 cravos-da-índia. No dia que for fazer a simpatia, pegue também um copo com água e outro com mel.

Você vai acender sua vela de Santa Bárbara. Ponha-a em um pires. O copo com água vai ficar à direita da vela.

Ore um Pai Nosso e depois disso, em cada uma das maçãs, você vai espetar nove cravos.

Uma vez tendo feito isso com todas as maçãs, disponha-as em fila.

Despeje o mel do copo sobre as maçãs e a seguir reze nove Ave Marias, com a mão pousada sobre cada uma das maçãs, e peça para Santa Bárbara te ajudar em sua vida, independentemente da área.

Na sequência, faça uma das orações de Santa Bárbara que colocamos acima ou outra de sua preferência.

Não apague a vela de Santa Bárbara depois disso, pois ela deve queimar até o final. Só então encerre o ritual. Até lá fique em meditação.

O que Santa Bárbara nos ensina?

O que Santa Bárbara nos ensina?

Santa Bárbara nos ensina que devemos receber as coisas adversas e negativas com resignação, porque todas elas vêm de Deus para o nosso bem.

Tudo serve como um grande aprendizado, e podemos crescer mesmo nos confrontando com os maiores pesos e dificuldades, inclusive no seio da família.

O pai perverso de Santa Bárbara representa todos aqueles familiares que podem nos trazer problemas e nos perseguir, mas eles fazem parte de nossas vidas e devemos orar por eles.

Se eles irão pelo caminho do arrependimento e encontrarão a redenção a tempo ou se terão que sofrer muito, isso será decidido pela espiritualidade superior e não cabe a nós buscar vingança e cultivar ressentimentos se queremos seguir por uma trilha limpa em nossa vida.



Dúvidas no Amor?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

outubro 15, 2021

outubro 11, 2021

outubro 6, 2021

>