Qual o significado dos anjos? Eles existem mesmo?

Os anjos estão no nosso imaginário, mas será se eles existem? Você sabe qual o significado dos anjos?

Eles até podem fazer parte do imaginário popular, mas isso não significa dizer que eles não existem. É claro que tudo isso depende da sua fé e a questão de crer em anjos é muito subjetiva.

Mas de qualquer forma, é preciso entender o que são os anjos, qual a sua missão e o que eles significam.

leitura Tarot orientação clara e objetiva

Quem são os anjos

Os anjos são criaturas espirituais que estão constantemente indo e voltando, em um trajeto entre o céu e a terra.

O termo anjo tem origem no grego ággelos e no hebraico Mal’Ak e sua tradução ´é mensageiro ou enviado.

É exatamente isso que os anjos são. Um mensageiro de Deus. Eles fazem a conexão entre Deus e os homens.

Os anjos foram feitos por Deus e possuem muitas de suas qualidades. Porém, ao contrário dos homens, eles não possuem livre-arbítrio. Os anjos fazem o que Deus pede para eles fazerem.

Eles são o principal elo entre Deus e os homens. Toda oração que fazemos aos nossos anjos, são levadas diretamente para Deus.

A missão dos anjos é consolar, guiar, aconselhar e proteger os homens. Eles têm esse poder, já que possuem diversas virtudes divinas, podendo curar e consolar.

Durante o século I d.C., as primeiras imagens de anjos já foram vistas na arte. Elas eram simbolizadas por seres com asas, que representam a velocidade com que conseguem transmitir a comunicação entre o céu e a terra.

Outra característica dos anjos é a auréola. O principal estudioso dos anjos foi São Tomás de Aquino. Para ele, a auréola era o reflexo da glória divina.

Aquino afirmava ainda que os anjos não possuem sede, fome ou necessidade de dormir.

Qual o significado dos anjos? Eles existem mesmo?

Os anjos nas religiões

A maioria das religiões possui anjos em suas crenças. Confira algumas:

  • Judaísmo: esta religião lista 72 anjos cabalísticos em seus livros. De acordo com o Judaísmo, o anjo Miguel é o protetor de Israel;
  • Cristianismo: os anjos são citados na Bíblia 250 vezes. Diversos anjos estiveram com Jesus Cristo durante seu nascimento, pregações, crucificação e ressurreição;
  • Hinduísmo: a cultura hindu define o termo Devas como uma criatura celeste;
  • Islamismo: Maomé recebeu o anjo Gabriel em 610 d.C. Ele tinha 40 anos quando foi acordado pelo anjo. Foi assim que se origina o Alcorão.

As hierarquias angelicais

As forças angelicais estão divididas em três hierarquias, sendo que cada uma delas possui 3 ordens.

Primeira hierarquia: são os anjos que tem contato mais íntimo com Deus. Eles glorificam e adoram o Criador.

  • Serafins: na Bíblia, em Isaías 6.2, Serafim é visto acima de Deus e tinha 6 asas;
  • Querubins: são guardas e mensageiros de Deus, com a missão de transmitir sabedoria;
  • Tronos: são os anjos que se comunicam com anjos inferiores.

Segunda hierarquia: se comunicam com os anjos da primeira hierarquia e com os anjos da terceira hierarquia. São intermediários.

  • Dominações: são enviados por Deus em missões muito importantes;
  • Potestades: são responsáveis por cuidar da forma como as missões divinas são realizadas;
  • Virtudes: atuam de maneira semelhante à ordem das potestades, mas tem como missão certificar-se de que tudo será realizado de modo perfeito.

Terceira hierarquia: são os executores.

  • Principados: são enviados em missões de príncipes, reis, imperadores e outros títulos de maior honra;
  • Arcanjos: conhecem os mistérios de Deus. O Arcanjo Gabriel, por exemplo, anunciou à Maria que ela esperava Jesus;
  • Anjos: são os que executam as ordens superiores.Ganhe 50% de créditos a mais na primeira compra

Os anjos

Anjos da guarda

São citados no livro de Mateus. Eles são os seres celestes que acompanham cada um de nós, nos protegendo, desde o momento do batismo.

Anjos caídos

Nem todo anjo é bom. Lúcifer, por exemplo, era um anjo de luz, mas que se revoltou contra Deus e, dessa forma, foi expulso dos céus. Ele é considerado um anjo caído e que trabalha para o mal.

Gabriel

Este nome denota a ideia da humanidade de Deus.

Miguel

O significado deste nome é “quem é como Deus?”. Ele é invocado quando se necessita de proteção divina.

Rafael

Significa “Deus cura” e pode ser invocado neste sentido, quando necessitamos de alguma cura que só pode vir do poder dos céus.

Como se comunicar com os anjos

Os anjos são seres divinos, mas a comunicação com eles precisa ser feita da mesma forma como se estivéssemos conversando com qualquer pessoa.

Não é necessário grandes orações ou textos decorados. Simplesmente converse com seu anjo, pois ele levará sua oração diretamente para Deus.

Conheça nossas TarologasSe esta conversa for feita com fé, esteja certo que os céus começarão a se movimentar em seu favor.

Conclusão

Os anjos existem sim, mas é claro que como tudo que é sobrenatural, é necessário ter fé. A crença é necessária para a ação dos anjos ou de Deus.

Agora que você já sabe o real significado dos anjos, comece a pedir sua proteção. Você só tem a ganhar com estes seres celestiais.

Gostou do nosso artigo? comente e compartilhe em suas redes sociais.

Gratidão