junho 30, 2020

Projeção Astral e o medo de se projetar.

COMPARTILHE

O medo da Projeção Astral é comum, pois muitas vezes receamos que, ao sairmos do corpo, existam fantasmas e demônios por perto, prontos para nos fazer algum mal. Há quem pense em visões terríveis, que algo tentará nos ferir, roubar nosso corpo e quem sabe o que mais. Muitas vezes imaginamos que as criaturas mais assustadoras podem aparece durante nossas tentativas de projeção astral.

Quanta energia desperdiçamos para enfrentar todos esses medos? Vamos pensar um pouco sobre toda essa suposta maldade por parte das criaturas: que objetivo haveria nisso? O que uma criatura hedionda ganharia nos prejudicando o tempo todo? Temos certeza de que entendemos o mecanismo real por trás do nosso medo?

Claro que há espíritos obsessores. Mas o quanto de poder eles têm realmente sobre nós? Necessariamente aparecerão quanto sairmos do corpo?

Projeção Astral e o medo de se projetar.

A superação do medo da projeção astral.

Podemos refletir melhor sobre o medo de sair do corpo fazendo a projeção astral, inclusive partindo de algo que pode parecer banal e não ter nenhuma relação com o tema.

Vamos pegar o exemplo mostrado na animação da Pixar “Monstros SA”. O enredo da animação se passa entre o mundo dos monstros e o mundo dos humanos e é visto e experimentado do ponto de vista dos monstros.

Alguns protagonistas trabalham em uma empresa que produz energia através do medo gerado em crianças humanas: a técnica é fazer aparições noturnas rápidas de dentro do armário ou de baixo da cama e assim por diante. O objetivo da empresa Monstro é produzir e distribuir energia para o sustento de seu mundo e a única maneira que eles conhecem para fazer isso é roubar energia dos seres humanos através do medo.


Uma animação divertida que pode ser um bom ponto de reflexão, pelo menos para nós que interagimos com o mundo astral. No filme “Matrix”, os seres humanos são “cultivados” para produzir energia e alimentar o mundo das máquinas. É sabido que a energia é o combustível de todas as coisas, incluindo corpos físicos e astrais. Partindo dessa suposição, podemos supor que nem todas as criaturas existentes são capazes de produzir energia para seu sustento.

Algumas entidades podem ser forçadas por sua natureza a se “alimentar” da energia de outras; se não fizerem isso, virá seu fim. Quanto ao sustento do corpo humano, a comida é variada em centenas de gostos, sabores e propriedades. Os alimentos “energéticos” capazes de satisfazer “nossas criaturas assustadoras” serão digeríveis de acordo com suas necessidades distintas.

Portanto, uma criatura (vampirismo energético) em busca de energia buscará a energia na vibração que interessa para ela e talvez isso seja produzido em grandes quantidades por “humanos em estado de medo” e não por “humanos em estado de alegria”.

Projeção Astral e o medo de se projetar.

E isso não vale apenas para o medo. Por exemplo, uma foma de pensamento que se alimenta de sexo, e deixou de ser alimentada por muito tempo, procurará uma pessoa que está vibrando sexo para continuar existindo.

Nós, humanos, podemos regenerar nossas energias através de comida, respiração, meditação, sono e grande parte de nossa energia é normalmente desperdiçada de muitas maneiras diferentes. Seria realmente tão terrível uma pequena perda devida por exemplo a um susto? Ninguém gosta de levar sustos, mas o medo não pode jamais ser obstáculo para nosso crescimento interior.

Por mais que existam entidades realmente mal-intencionadas e dispostas a sugar energias, não é tão simples e comum quanto se pensa que uma criatura dos planos mais profundos do astral inferior venha interagir conosco.

O espiritualista que mantiver uma atitude positiva, buscar a elevação espiritual, fazer exercícios de proteção, vai saber lidar com adversidades no astral. Basta evitar sair do corpo quando se está mal, nervoso, deprimido, com raiva. Caso se esteja bem, e se estude defesa astral, será possível reagir bem a eventuais ataques, que não são tão comuns quanto se prega, já que também temos nossos mentores e anjos.

No caso de um encontro com uma sombra maior, esta será uma prova iniciática, e antes que isso ocorra já terá sido feita uma preparação.

A Projeção Astral e importância do relaxamento

O fundamental ao se começar, e para se superar os medos é o relaxamento. Portanto, ao se preparar para a projeção astral, deite e comece relaxando sua mente, respirando profundamente.

Passe então, sempre respirando profundamente, a prestar atenção na ponta dos pés, e vá subindo e relaxando todo o seu corpo. Se achar melhor visualize uma luz clara, de preferência branca, dourada ou azul-clara, ao redor de seu corpo. Se sentir necessidade ore mentalmente. Perceberá que o medo irá se dissipando.

Paralisia e batimentos acelerados também não devem apavorá-lo. São sinais frequentes que antecedem uma saída do corpo e início da projeção astral. Mantenha sua vibração elevada e deixe acontecer. A pressão e o peso sobre o corpo que às vezes percebemos antes da saída, e podemos visualizar como sombras ou presenças sobre nós, na maioria dos casos são apenas tensão e energia. Energia que pelos nossos medos podem tomar formas aparentemente hostis.

Portanto relaxe e tranquilize-se. Não se cobre nem se abata também se demorar a conseguir, pois o fascinante mundo espiritual espera por você pelo tempo que for necessário!

Gostou do artigo Projeção Astral? Comente aqui e compartilhe em suas redes sociais

Projeção Astral e o medo de se projetar.

Compartilhe!


Veja também...

julho 10, 2020

julho 7, 2020

julho 3, 2020


Deixe seus comentários...

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>