Ogum Iê! Essa é a saudação que as pessoas que cultuam religiões de origem ou influência africana – Candomblé e Umbanda – saúdam Ogum, o orixá guerreiro.

Ogum é uma das figuras mais poderosas do panteão dos orixás, que representam forças naturais e encarnam posturas e condições da natureza. Ogum é o orixá do ferro, um verdadeiro ferreiro. Ele manipula o metal para criar ferramentas que utiliza para abrir caminhos por entre as matas fechadas. Em suas mãos, espadas simbolizam a natureza combativa e aventureira que mora em seu peito, assim como sua coragem ancestral.

Por conta de ser o primeiro ferreiro, ele é o mestre de sete ferramentas: alavanca, machado, pá, enxada, picareta, espada e faca. Essas obras de sua fundição são disponibilizadas aos homens, para desbravar territórios e conseguir se impor sobre a natureza.

baralho cigano buzios tarot online

Princípios do orixá

 Ogum é um orixá guerreiro, manipulador do ferro e do fogo e seu arquétipo é ligado diretamente à honra. Quem quiser saber quem é Ogum, terá de aceitar em seu espírito a certeza de enfrentar os desafios e obstáculos da vida, com força e perseverança.

Ogum nunca desiste, pois tem prazer na batalha. Uma de suas maiores satisfações é lutar pela justiça. Não a justiça da lei e da burocracia, mas sim a justiça que se faz valer, a do dia-a-dia. Ogum é regido pelos valores morais do guerreiro, que protege e alimenta o seu povo, mas que também ataca e mata seus inimigos.

Como é também um ferreiro, o orixá é ligado a toda atividade metalúrgica, desde soldados, maquinistas, agricultores que utilizam ferramentas para arar e fazer a terra fértil.

Um orixá bastante viril, com energia masculina acentuada, Ogum é sedutor, sensual e está sempre ligado ao movimento, nunca se acomodando e estagnado. Por isso, representa a superação dos desafios da vida, com sua força e sua chama azul que nos inspira a continuar desbravando o território e trabalhando com justiça.

Filhos de Ogum

 Filhos de Ogum são pessoas regidas por esse orixá. Ou seja, carregam consigo características ligadas ao arquétipo do senhor guerreiro.

Os homens considerados filhos de Ogum são determinados, pró-ativos, não gostam de ficar parados. Estão sempre em procura de algo para fazer. Se não colocam esse fogo em prática, podem ficar briguentos e implicantes.

Há quem diga que filhos de Ogum podem se tornar egocêntricos. Isso é um risco, porém uma vida equilibrada e com energias bem trabalhadas é capaz de evitar tendências negativas de qualquer associação cósmica.

Os homens filhos de Ogum são calorosos, exigentes e extremamente ligados ao sexo. São protetores, querem cuidar da segurança família e de sua casa. Fazem de tudo para prover o que há de bom e melhor para a pessoa amada.

As mulheres filhas de ogum tem energia masculina forte, equilibrada com a feminina. São ativas, batalhadoras e independentes. Estão sempre na vanguarda, um passo à frente, em busca da vitória.

 

leitura Tarot orientação clara e objetiva

Associações de Ogum

 Na Umbanda, Ogum é sincretizado com o São Jorge, o santo guerreiro e protetor que derrota o dragão. O culto às duas figuras é muito forte, sendo que São Jorge é um dos santos mais populares do panteão cristão.

Na astrologia, o orixá é associado ao signo de Áries, ligado ao fogo e a determinação. Além disso, associações entre esse orixá e o planeta Marte são frequentes. Tudo para acentuar o caráter do fogo, das batalhas e da determinação.

No tarô, podemos associar Ogum às cartas de Cavaleiros, especialmente o Cavaleiro de Paus, com sua força de vontade, movimento e potência avassaladoras. Outra carta que corresponde bem a Ogum é o Rei de Paus, por unir os elementos Terra e Fogo.

O animal ligado a Ogum é o cachorro e seu dia é comemorado em 21 de Abril.

2019, ano de Ogum

 2019 é considerado pela Umbanda como o ano de Ogum! Baseando-se em correspondências astrológicas.

 Ao levarmos em consideração o arquétipo de Ogum, podemos esperar que 2019 exigirá de nós muita força de vontade e coragem, para enfrentar desafios que aparecem em nossos caminhos.

Será preciso entrar em movimento, sair da área de conforto, enfrentar os conflitos internos e ter coragem para agir com justiça em todas as situações. Ele nos lembra que temos as ferramentas para lutar e para abrir caminho por entre a selva de energias do mundo que nos rodeia.

2019 também se torna um ano especialmente propício para batalhar contra os vícios e para que organizemos nossa vida. Tudo o que é pesado, que nos segura e nos contem deve ser deixado para trás. Devemos nos tornar guerreiros para proteger o que somos e acessar nossas verdades interiores.

É um ano em que devemos trabalhar com afinco para conseguirmos atingir nossos objetivos. Lembre-se que Ogum é o senhor do ferro, das ferramentas, que abre os caminhos com o poder de sua espada. Isso significa que devemos dar nosso suor e focar em nossos desejos realmente importantes, para construir a nós mesmos assim como desejamos construir no mundo.

E você? Como pretende vencer suas batalhas neste ano? Faça uma consulta de tarô e conheça melhor seus desafios!

 

Club vida tarot