setembro 14, 2020

Mestra Nada: A Mestra Ascensionada do Sexto Raio

COMPARTILHE

Palavras-chave:

* Chohans

* Mestres Ascensionados

* Grande Fraternidade Branca

* Sete Raios

* Teosofia

Quem é a Mestra Nada?

Mestra Nada é a Chohan do Sexto Raio, o Raio do Serviço.

Ela está presente ajudando Saint Germain em sua grande reunião dos eleitos, que servirão com ele na causa da liberdade mundial.

Esta mestra ascensa presta também serviço no Conselho do Karma, no qual atua como representante do Terceiro Raio (o raio rosa), o raio do amor divino.

Devemos nos lembrar que os mestres não são criaturas estáticas e limitadas, e por isso, mesmo que rejam ou administrem um raio, eles também participam da vibração e das responsabilidades de outros raios.

Nós que, para simplificar as coisas, muitas vezes precisamos de classificações. Mas a hierarquia sagrada é mais maleável do que aparenta ser, ainda que exigente. Seus cargos são responsabilidades de amor.

Nada é portanto uma iniciada e mestre no caminho do raio rubi, e ela ensina o desenvolvimento da rosa do coração, ajudando-nos a desenvolver a sensibilidade do centro do peito.

Através de ambos os cargos, ela ensina a senda de Jesus, da cristicidade pessoal através da ministração e do serviço à vida.

Na Atlântida, Nada prestou serviço como sacerdotisa no Templo do Amor. O correspondente etético deste templo, planejado de acordo com o formato de uma rosa, fica centrado por cima de New Bedford, Massachusetts (EUA).

Cada pétala é uma sala, e no centro arde a chama do amor divino, entregue aos cuidados de irmãos e irmãs do Terceiro Raio para a cura das evoluções terrenas através do amor.

Mestra Nada está muito envolvida com o patrocínio de chamas gêmeas, facilitando os encontros entre os parceiros de vidas passadas, e com a ajuda espiritual às famílias durante a era de Aquário.

Ela também instrui as crianças do mundo com legiões de anjos que, pessoalmente, atendem às necessidades dos jovens.

Muitas vezes, enquanto crianças e adolescentes dormem, recebem instruções de Nada no plano astral. Quando isso ocorre, acordam mais amorosos e mais dispostos.

O lema de seus discípulos é “eu sirvo”, pois estão dedicados a sempre ajudar a humanidade. O seu é um raio que envolve fortemente o sacrifício de si mesmo o altruísmo.

O Sexto Raio, o Raio do Serviço

A Senhora Mestra Nada é a advogada da alma diante do tribunal da justiça divina, é a unificadora das famílias e das chamas gêmeas, é qualificadora do Amor e promove o autodomínio através Dele,

Ela tem como lemas: “O servo não é maior que o seu Senhor,” sempre ressaltando a importância da humildade, e “Eu sou o guardião do meu irmão,” ressaltando a importância de proteger e ajudar o próximo.

Ministros, enfermeiros e enfermeiras espirituais e todos os que administram as necessidades da humanidade ajudam Nada no Sexto Raio. Consequentemente, Nada protege os enfermeiros neste plano e todos aqueles que prestam serviços esperando pouco ou nada em troca.

Nada e o Raio do Serviço emanam forças auxiliares para os missionários espalhados pelo mundo.

O Chakra do Plexo Solar está ligado à vibração deste raio: ele se expande quando nos conectamos ao Sexto Raio.

O dom do Espírito Santo do Sexto Raio diz respeito aos dom das línguas, a tudo o que está relacionado à linguagem.

Seu retiro, como já dissemos, é o Templo Rosa (ou Templo da Rosa, ou Templo do Amor) em New Bedford, Massachusetts, EUA.

Sua vibração tem como cor o roxo (ou violeta, ou púrpura) manchado com ouro metálico e rubi.

A música que melhor reproduz a vibração deste raio é a “Mattinata” de Ruggiero Leoncavallo

Suas pedras são o topázio, o rubi, a alexandrita.

Suas qualidades principais são paz, serviço e fraternidade

O dia regido por este raio é a quinta-feira

Oração Rápida: “Amada Senhora Mestra Ascensionada Nada, em nome de Cristo, instrua-me no domínio de minhas emoções, para que eu possa ser um instrumento de paz a serviço da vida.”

Vidas anteriores de Mestra Nada

Na Atlântida, a Senhora Mestra Ascensionada Nada trabalhou nas artes de cura e serviu como sacerdotisa no Templo do Amor.

Durante suas meditações sobre a Lei de Deus e no decurso de suas ministrações no Templo quando era sacerdotisa, ela percebeu que a Lei “é a defesa segura que a Mãe deve usar para proteger seus filhos caídos dos ardis deste mundo, dos caídos que procurar também eles usar a Lei, mas para serviços os seus injustos propósitos.”

Ela então também trabalhou como advogada na Atlântida, onde defendeu a causa da justiça divina para os oprimidos e os desfavorecidos.

Ela depois passou várias de suas últimas encarnações levando uma vida anônima, mas sempre empenhada em manter a chama da vida acesa para sua família e para outros membros da comunidade em que vivia.

Em sua encarnação final, há dois mil e setecentos anos, Nada era a mais nova de uma família de crianças excepcionalmente dotadas. O amado anjo Caridade apareceu-lhe quando era muito jovem ainda, e a ensinou a ir buscar o amor de Deus e a aproximá-lo à chama de seu coração, enviando-o para o reino da natureza para abençoar a vida.

A Arquéia do Terceiro Raio ensinou também a Mestra Nada como expandir a chama trina para acelerar os chakras dos seus irmãos e irmãs, para que eles pudessem abençoar o povo e elevar a cultura da Mãe Divina na Terra através das artes.

Nada disse uma vez: “Desperte a luz interior e mude a si mesmo e ao seu mundo”

E seus discípulos dizem: “Use a ciência da palavra falada para se conectar com a Senhora Mestra Nada.”

Afinal, foi através da palavra falada, e de histórias que circulam pelo mundo há milênios, que as histórias e as doutrinas da Mãe chegaram até nós nos dias de hoje.

Mestra Nada e o dom das línguas

O dom do Espírito Santo do Sexto Raio e da vibração de Nada é o dom das línguas.

Este dom envolve uma variedade de nuances de vibração nos cinco raios secretos e sua quase infinita combinação com os elementos dos sete raios na medida que as qualidades da Palavra são liberadas pelas pétalas dos chakras.

Diz respeito às línguas humanas, mas também às divinas e angélicas.

Envolve a mestria do discurso, da comunicação e da entrega da Palavra.

É um dom que portanto se estende da mestria nas línguas da Terra até a transmissão da Palavra de Deus para todos, a difusão do verbo divino. Vamos nos lembrar: “No Princípio era o Verbo.”

Este dom engloba então até mesmo a proficiência nas línguas dos anjos, precisamente como são faladas pelos mensageiros celestiais. Isso ocorre através da investidura do Espírito Santo, quando Ele toca e ilumina o iniciado

Isso ocorre através de um arrebatamento, de um estado alterado de consciência muito profundo. Muitas vezes se manifesta através de uma descida do fogo sagrado dos altares do Céu.

São as “línguas de fogo” que aparecem na Bíblia. Chamas que trabalham na ajuda aos santos para que trabalhem no amor mesmo sob o peso do karma planetário. Elas aliviam os iniciados e os buscadores de seu próprio karma para que possam se importar menos com eles mesmos e mais com os outros. E as línguas, os idiomas, ajudam os missionários da luz a se comunicar da melhor forma com quem precisa ouvi-los.

São Padre Pio, por exemplo, uma vez se comunicou com um soldado americano durante a Segunda Grande Guerra sem que soubesse falar uma única palavra de inglês. Ele falava em seu dialeto italiano natal, mas o soldado o entendia perfeitamente. Este é um exemplo de manifestação do dom de línguas: nem sempre o iniciado se ouve falando outra língua, mas quem o escuta entende tudo o que ele diz.

Assim, a ciência da Palavra falada, em todas as suas ramificações humanas e divinas, é o forte de Mestra Nada, e ela transmite o domínio das línguas e a interpretação das mesmas aos seus discípulos.

Ela também nos salienta que é preciso ter presente na mente o poder da Palavra não só na teoria, mas também na prática.

Uma vez que a Palavra é dita, instantaneamente ela deve se tornar o Trabalho de Deus manifesto na Terra através de Seus mediadores.

Mestra Nada e o serviço abnegado

Em um discurso canalizado há alguns anos, Mestra Nada nos falou sobre as iniciações e a alegria do serviço abnegado, voltado à ajuda ao próximo sem esperar recompensas:

“Entenda esta fórmula de abnegação: você sabe que já se tornou abnegado quando deixa de perceber que fez a opção pela abnegação.

Eu quero dizer com isso que o curso natural da sua vida se torna sempre dar preferência ao amor de Deus. Você passa a se dedicar apenas ao serviço deste Deus encarnado.

Você tem a percepção de si mesmo, de seus prazeres, seus privilégios, suas preferências, e então faz uma escolha de renunciar a tudo isso e a si mesmo.

Este é um passo no caminho da abnegação que deve realmente ser dado, caso contrário o caminho não se completa.

E então, uma vez que tenha alcançado o objetivo da abnegação, você não se percebe mais escolhendo entre o Eu – o Eu Real (Eu Superior) – e o não-eu (eu inferior) (…)

Você se torna o Eu Superior e vivo e simplesmente se identifica como tudo o que Ele é e faz. Não há separações nem dilemas. Ele faz o que sua natureza lhe dita. Você é transferido para a cabeça do Senhor.

Onde quer que seja necessário, você age segundo a vontade de Deus, onde quer que seja requerido.

Você supre cada aspecto do Cristo em qualquer pessoa que pode estar falhando em manifestar a realização da mestria da chama trina.

Sua preferência será sempre a de suprir em ternura e compaixão, percebendo a necessidade, porque sua sensitividade por Deus terá sido refinada não apenas pelo Olho Onividente, mas pelo exercício dos raios secretos, deixando estes raios fluírem através de você, e não temendo a pena da crucifixão, mas ao mesmo tempo transformando esta pena na benção da comunhão.”

Oração de Mestra Nada

EU SOU o guardião do meu irmão

EU SOU o guardião do meu irmão.

Ó Deus, me ajude a ser

Todo serviço e assistência,

Compaixão como você é!

EU SOU o guardião do meu irmão.

Ó Jesus, pela tua chama

Das bênçãos da ressurreição

Dê consolo em teu nome!

EU SOU o guardião do meu irmão!

Ó presença de Deus tão próxima,

Peço que venha a mim a plenitude da tua bênção.

Divindade pura, apareça!

EU SOU o guardião do meu irmão,

O guardião de sua chama;

Entregue a um poder silencioso e assim conhecendo-o,

Eu o amo em Seu nome!

Meditação sobre Mestra Nada, a Senhora do Raio Púrpura e Dourado

“A rainha dos Chohans, a Senhora Mestra Nada, que pratica a lei diante do tribunal do céu, vem a nós para representar a Lei da justiça e o modo nobre de ministrar e servir.

Na aura dela, temos a música destas palavras abençoadas: “Se você fez isso com um dos meus irmãos, você então fez isso comigo”.

E na presença da Senhora Nada, Chohan do Sexto Raio, você percebe a maravilha do raio feminino no domínio dos sete raios.

Tudo está claro: você vive para servir para todo o sempre – para sempre no serviço do Senhor,” palavras de Djwal Kul em “Meditação, A Câmara Oculta do Coração.”

Com Mestra Nada aprendemos a aplicação prática do amor e o caminho do Cristo pessoal através do ministério a serviço da vida.

Ou seja, começamos a entender o que Cristo fazia e faz. A entender seu sacrifício pela humanidade. Sua dedicação e seu serviço em nome da sua missão, que foi tão alta a ponto dele ter sacrificado a própria vida se humilhando como um criminoso.

Muitas vezes não somos reconhecidos, bem-vistos e apreciados nesta vida. Mas Nada está presente para nos lembrar da justiça divina. E para ela, no tribunal superior, o que conta é o que o ser humano tem em seu coração, não a justiça do homem, não o julgamento da Terra.

Os que são humilhados serão exaltados. Isso está na Bíblia, é uma sabedoria imemorial, e Nada se empenha para aplicá-la. Temos que ter em mente a importância deste ensinamento valioso, para que sejamos humildes.

Apenas na humildade é possível nos elevarmos e ajudarmos nossos irmãos.


Compartilhe!


VT-Post-Vanessa-Ramos

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.


Veja também...

agosto 24, 2020

agosto 20, 2020

agosto 4, 2020

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Publicação Anterior
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Próxima Publicação

Deixe seus comentários...

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>