dezembro 1, 2020

Jogo de Búzios: tudo o que você precisa saber sobre ele e suas 16 conchas!

O Jogo de Búzios é um oráculo sagrado e é utilizado como um meio de comunicação entre o médium que consulta e os Orixás e entidades que estão presentes espiritualmente na sessão ou jogo para responder as perguntas do consulente. Dessa forma, são feitas as devidas previsões.

Jogo de Búzios: Tudo que você precisa saber!

O ato em si de Jogo de Búzios é uma das formas mais milenares de consulta ao astral, através de um sistema ocular, e está ligado diretamente à prática da Umbanda e do Candomblé, devendo ser apenas jogado por pessoas iniciadas na religião, como pais e mães de Santos.

O Jogo de Búzios é popularmente chamado de o Éérìndínlógúnna África, e pelo dicionário Yorubá isso significa “dezesseis”. Por extensão, Éérìndínlógún virou sinônimo das dezesseis conchas oraculares. É na posição de caída uma das conchas que temos a sustentação para a interpretação do jogo.

Já as conchas ou búzios na língua Yorubá são conhecidas como Odús. Nesta tradição milenar africana, existem dezesseis Odús maiores no corpo literário Odù Ifá. Combinados, resultam em um total de 256 Odús, os quais se referem a todas as situações, circunstâncias, ações e consequências da vida. Constituem a base do conhecimento tradicional espiritual e de todos os sistemas de adivinhação Yorubá.

Para os integrantes das religiões que o praticam, o Jogo de Búzios é utilizado para estabelecer uma relação mais próxima com as divindades e assim encontrar respostas para possíveis dúvidas, problemas e questionamentos.

Método do Jogo de Búzios

Existem muitos métodos de jogo, porém o mais comum se realiza através do lançamento de um conjunto de 8 ou 16 búzios sobre uma peneira, chamada de urupema e previamente preparada. Tal cesta ou peneira pode conter elementos dos Orixás que representarão o consulente e ficam dispostos em formato de cruz.

Método do Jogo de Búzios

Para atrair o sagrado sobre o Jogo de Búzios, utilizam-se pó de pemba (giz de formato cônico-arredondado feito de calcário que pode ter diferentes cores, usado ritualisticamente em religiões afro-brasileiras como o Candomblé, a Umbanda, a Quimbanda e a Quiumbanda) e fitas do Senhor do Bonfim, assim como não podem faltar o adjá, que é uma sineta, um otá, uma vela branca, os fios de Oxalá e demais Orixás, água, moedas, obi, favas, coco de Ifá, imã, orobô e as sementes de fava.

Inicialmente o consulente, junto com o pai ou mãe de Santo que está conduzindo o jogo, reza e saúda todos os Orixás e ao sagrado presente e pede que o espiritual auxilie no esclarecimento da caída e na tiragem, de maneira que ele responda a todas as perguntas.

Sabe-se que as divindades afetam o modo como os búzios se espalham pela peneira, dando assim as respostas às dúvidas que lhes são colocadas.

O chefe da sessão então coloca no topo da cruz na peneira o elemento que indicará o consulente, embaixo um elemento que indique seu lado oposto e seu problema. Já nas laterais consideram-se o presente e futuro.

Em seguida joga os búzios e analisa quais caíram para baixo, quais para cima próximos ao elemento do consulente e quais direcionam para o futuro. Também são analisadas as questões para a resolução do problema e para os motivos que afetam o presente.

O mais importante a se saber e a primeira coisa que se observa é se caíram búzios abertos próximos ao elemento superior, que representa a pessoa que consulta. O lado aberto dos búzios é considerado sempre positivo, e o lado considerado “fechado” será sempre negativo.

Existe também o método em que é dado um significado para cada búzio, sendo a um deles, normalmente o maior, atribuída a qualidade de representante de Deus, e recebe o nome de Oxalá. Os outros falam através dele. Um exemplo:

Depois de lançar as pedras do Jogo de Búzios, o bico do búzio maior (Oxalá) vai verificar quais os búzios que caíram em sua direção. Esses que caíram na linha deste búzio que falam no jogo de acordo com a sua característica. Os que caíram atrás do búzio, ou seja, que não estão na frente do bico do búzio, falam pelo passado.

Os dezesseis Odús principais são:

  • Oxum – Oxê;
  • Ogum eIbeji – Ejioko;
  • Exú – Okaran;
  • Oxóssi,LogunEdé e Xangô – Obara;
  • Oxalufan – Ofum;
  • Omolu, Oxóssi e Oxalá – Odí;
  • Oyá, Yewá e Iemanjá – Ossá;
  • Obaluayê, Ogun – Etaogunda;
  • Oyá, Ogum e Exú – Owarim;
  • Yemanjá, Oyá – Iorosun;
  • Ossain e Oxumaré – Iká;
  • Xangô, Obá, Iroko – Egilexebora
  • Oxaguian – Egionilo;
  • Nanã – Egioligibam;
  • EwaEoobá, Ogum – Obeogundá
  • Todos os outros orixás, Orixalá – Alafia.

Para saber qual Orixá ou Orixás que estão na frente da caída, ao lançamento dos búzios, deve-se observar quantos caíram fechados e quantas conchas caíram abertas.

Por exemplo: uma caída com seis búzios abertos e dez fechados representa que a mensagem vem do Orixá Oxóssi, enquanto que dez abertos e quatro fechados representam algo direcionado a Xangô. Já as repostas estão representadas na localização de cada um dos 16 búzios, ou seja, se estão nos cantos, no centro ou próximos aos demais elementos sobre a peneira.

Entendimento da leitura e finalidade do Jogo de Búzios

O jogo tem como uma das suas finalidades a comunicação com o nosso Orixá (Ori=Cabeça + Ixá=guardião). Desse modo, o jogo é sustentado pelo Anjo da Guarda (Orixá) do consulente. Toda a comunicação dos búzios é feita por intermédio do Orixá Exú.

Além da função de previsões futuras através da resposta dos Orixás, o Jogo de Búzios é o único jogo que permite descobrir se alguém fez algum trabalho espiritual, feitiço ou simpatia contra você e, desta forma, sob a orientação dos Orixás, podemos desfazer as magias!

Mitos e Verdades sobre os Jogos de Búzios

1 – Existem Odús bons e Odús ruins?

Mitos e Verdades sobre os Jogos de Búzios

Existem Odús que aceleram ou retardam o desfecho de uma situação ou o resultado desejado. Odús ligados ao Fogo e Ar, por exemplo, são mais rápidos que os outros, pois Fogo e Ar são elementos mais ágeis.

Estes elementos estão intimamente ligados ao Orixá que está coroando a caída dos búzios. Por exemplo: de a caída direcionar para Iemanjá, já sabemos que os Odús estão ligados à água.

Já Odús ligados à Terra significam que tudo dependerá da boa reflexão das coisas e das intenções, que devem ser claras o suficiente. São Odús que reforçam a necessidade de ser o mais objetivo possível, tentando não deixar o emocional de lado, apontando os recursos e o empenho para atingir um objetivo.

Por fim, Odús ligados à Água chamam atenção para o excesso de energia em relação a determinada questão, que pode acabar sendo exagerada, então é preciso saber dosar. Temos aqui a necessidade de calmaria.

2 –  Jogar pela internet não é a mesma coisa que uma consulta presencial?

Tanto em uma consulta presencial quanto em uma leitura online o jogo funciona do mesmo jeito. Algumas pessoas acreditam que pela internet a “energia” não é a mesma, mas a verdade é que ninguém deveria se prender a essa crença que tantas vezes se mostra infundada. Vale dizer de modo enfático: a energia está em todo lugar.

Quando se jogam os búzios, a prioridade deve ser a informação que o jogo traz e não o formato em que ela chega até o consulente. Além disso, online ou presencial, o que importa são a energia e a fé que são colocadas no momento da consulta e acreditar na verdade da resposta.

3 – É possível jogar no lugar de outra pessoa?

Jogar com o intuito de saber previsões para uma pessoa conhecida não é aconselhável. É importante deixar claro que o oráculo oferece informações pessoais de quem o consulta, já que entra na sua energia.

Gostou do artigo? Comente aqui e compartilhe em suas redes sociais!



Já consultou nossos Tarólogos?

A partir de R$ 9,90


Faça sua consulta online agora mesmo!


Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas sobre Amor, Dinheiro, Emprego etc.


Veja também...

setembro 15, 2021

setembro 8, 2021

setembro 1, 2021

>