outubro 8, 2021

Incubus e succubus: os demônios do sexo

O que são incubus e succubus?

Incubus e succubus (em português Íncubos e Súcubos) são demônios sexuais que atacam sexualmente os seres humanos para obter energia e também por diversão e prazer.

Incubus e succubus

De forma resumida, os incubus seriam demônios de aspecto masculino que obsedam mulheres, enquanto os succubus seriam demônios do aspecto feminino que obsedam homens.

Há quem diga que sejam o mesmo tipo de entidade, que apenas troca de identidade e aparência quando quer atormentar um ou outro sexo, ou uma ou outra orientação sexual.

Alguns afirmam que são demônios muito antigos, seres com outras origens que não humanas. Já outros espiritualistas sustentam que são apenas seres humanos desencarnados viciados em sexo, que depois da morte continuam desesperadamente em busca de prazeres carnais.

Poderiam ser também ambas as coisas, dependendo do nível de força e periculosidade da entidade.

As vítimas dos demônios sexuais podem sofrer de recorrentes sonhos eróticos. Mas não que todo sonho erótico seja um ataque de um succubus ou de um incubus: quando se trata dessas criaturas sobrenaturais, os sonhos levam à deterioração da saúde, ai cansaço (pois sugam a força vital) e podem assim gerar a longo prazo doenças físicas e espirituais.

Também podem se alimentar do excesso de atividade sexual com parceiros, do excesso de masturbação e do vício em pornografia.

O sexo é uma energia positiva e construtiva, geradora de vida. Mas até por proporcionar muito prazer, pode levar o ser humano ao vício. É aí que entram incubus e succubus, que tentam absorver um pouco dessa energia maravilhosa para si às custas dos encarnados.

Incubus e succubus: significado dos termos

O termo Incubus vem do latim incubare, que significa “jazer acima”, porque na tradição romana o nome indicava uma criatura maléfica de aspecto masculino que se deitava sobre as adormecidas, dando-lhes uma sensação de sufocamento ou de união carnal com o corpo.

Já o termo Succubus significa “amante” e nas lendas da Roma antiga, e depois da Idade Média, um súcubo ou uma súcuba seria um demônio com aspecto feminino que seduzia homens (durante o período medieval, especialmente monges) para terem relações sexuais, tornando-os sujeitos à vontade do succubus.

Os succubus e incubus também podem ter outros nomes, a depender da tradição ou religião, mas estamos falando sempre do mesmo tipo de entidade.

Podemos encontrá-los nas seguintes culturas:

    Indiana – yakshini

    Árabe – qarinha

    Nativa americana – “mulher cervo”

    Chinesa – mogwai

    Grega – lâmia

Como podemos ver, trata-se de um fenômeno universal e não limitado a uma só cultura ou país.

O nome incubus acabou se tornando sinônimo de pesadelo em algumas línguas, como no italiano, em que a palavra para pesadelo é incubo.

O plural em latim seria incubi e succubi, mas aqui vamos usar sempre os termos incubus e succubus para simplificar as coisas.

Características de incubus e succubus

Se a vítima for uma mulher, o demônio que a atacou é um incubus. Essa criatura normalmente assume a forma de um homem atraente. Se um demônio do sexo atormenta um homem, então é um succubus. Este demônio normalmente assume a forma de uma mulher sedutora.

No entanto, ambas as entidades não possuem aparências fixas, como tudo no plano espiritual. Podem se transformar em qualquer coisa que os seres humanos mais desejem.

demônios do sexo

Podem assumir as aparências de ex-namorados ou namoradas, de artistas de cinema, de modelos e assim por diante.

Como acenamos acima, alguns espiritualistas acreditam que sejam entidades que possuem a mesma identidade, apenas trocando de aparência.

Outros os consideram como “espécies” diferentes, com necessidades e desejos específicos.

Incubus e succubus podem estimular uma pessoa a ter muitas fantasias sexuais e fetiches, às vezes extremos, ao ponto de não conseguirem viver sem eles.

Interferem na mente dessas pessoas, fazendo com que desejem sempre mais e mais atividade sexual.

A questão da obsessão por incubus e succubus envolve sempre uma sexualidade exagerada e/ou doentia, não uma sexualidade equilibrada.

Ela produz ou desconforto na pessoa, ou então mal-estar físico e problemas físicos e emocionais.

Poderes e fraquezas de incubus e succubus

Os incubus e succubus possuem diversas habilidades que os ajudam a obsedar os seres humanos.

Além de serem capazes de mudar de forma e de manipular os sonhos, podem influneciar as mentes humanas para produzir desejo sexual nelas.

Algumas vítimas recorrentes de pesadelos sexuais dizem que incubus e succubus também podem colocar os seres humanos em um estado de transe ou paralisá-los.

Embora a pessoa fique consciente da presença da criatura, não pode se mover ou gritar.

É verdade que há causas cerebrais e neurológicas que levam à paralisia do sono, mas não é isso o que vamos analisar neste artigo.

Falamos aqui de eventos de natureza sobrenatural, que se dão quando não há apenas a paralisia, mas quando ocorrem outros efeitos negativos, inclusive posteriores ao sono.

Além dos sonhos, a vítima de incubus e succubus fica obcecada por sexo e se debilita.

Felizmente, também existem pontos fracos conhecidos relacionados a incubus e succubus.

Eles podem ser repelidos por orações, ícones sagrados e exorcismos. E é bem-sabido que, quanto mais tempo um succubus ou um incubus fica sem sexo, mais fraco ele fica.

Quem é mais perigoso? Incubus ou succubus?

Não há diferença. São entidades equivalentes, ou podem até ser faces de um mesmo tipo de entidade.

No entanto, segundo a tradição, acredita-se que a succubus mais poderosa, a senhora e talvez mãe de todos eles, incubus e succubus, seja Lilith, a rainha do Inferno.

Também há outras entidades demoníacas que levam uma fama parecida, como por exemplo Naemah.

É possível evocar incubus e succubus?

Se você está curioso (a) sobre os métodos que permitem evocar incubus e succubus, fico feliz em dizer que não há um específico e comprovado.

evocar incubus e succubus

Embora haja rumores de que rituais envolvendo sangue e esperma possam funcionar, não há informações sobre o que você possa fazer especificamente.

Você não pode, portanto, evocar um, por exemplo, para parecer mais atraente. E nem deveria pensar em fazer isso.

Alguns filmes, livros e séries de fantasia acrescentaram um glamour e tanto a incubus e succubus, transformando-os em seres sobrenaturais supergostosos, capazes às vezes até de amor, emoções positivas e bondade.

No entanto, por trás da máscara de uma bela mulher ou de um homem bonito, há uma criatura asquerosa e grotesca.

Muitos clarividentes relatam as formas reais desse tipo de entidade, geradas por sua moral distorcida: podem apresentar chifres, pelos em excesso, garras, caudas e órgãos sexuais disformes e sujos.

Como posso ser vítima de incubus e succubus?

Nesse caso, você pode se tornar vítima quando não leva uma vida sexual equilibrada.

Quando por exemplo vê pornografia todos os dias, ou então quando tem muitos parceiros sexuais e não há uma troca de energias sadia, quando você não se importa com os sentimentos de ninguém. E isso vale tanto para homens como para mulheres.

Frequentar com constância locais de prostituição também pode facilitar a aproximação dessas entidades.

Como se libertar de incubus e succubus?

O processo de libertação de incubus e succubus costuma ser lento. Envolve orações, exorcismo, meditação e abstenção sexual, ou sexo apenas com um parceiro amoroso, evitando fantasias durante o ato.

É preciso perseverar, porque não é algo que se consegue da noite para o dia. É preciso eliminar a pornografia da própria vida, porque é um grande alimento para incubus e succubus.

Quanto mais longe ficar da atividade sexual desequilibrada, mas o íncubo ou súcubo vai perder força, até perceber que não vai conseguir mais nada de você e ir embora buscar outra pessoa para sugar.

Se você sente que sofre com esse tipo de obsessão, e sofre com falta de vitalidade, também é bom procurar ajuda.

A depender de sua fé, pode procurar um médium, um padre, um pastor ou um mago branco. O importante é que sejam pessoas honestas e dispostas a ajudar com uma espiritualidade positiva e equilibrada.



Marcello Salvaggio
logotipo amazon

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.

Já consultou nossos Tarólogos?

A partir de R$ 9,90


Faça sua consulta online agora mesmo!


Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas sobre Amor, Dinheiro, Emprego etc.


Veja também...

outubro 8, 2021

>