maio 18, 2021

Gnomos e Duendes: o que são e o que fazem?

Gnomos e Duendes: Com certeza você já viu em algum lugar imagens e esculturas de pequenos seres enfeitando jardins ou outros lugares arborizados e com vegetação.

Sabe que essas criaturas são bastante famosas. Tanto no contexto da magia e da bruxaria como no da cultura popular. Elas aparecem em filmes, séries e livros.

Mas o que são afinal gnomos e duendes?

Duendes e Gnomos: Definição

Gnomos e duendes

Gnomos e duendes são elementais da terra. Não à toa estão representados em jardins: são responsáveis pela matéria mais densa, sólida, e responsáveis por geração, nutrição e fertilidade.

Estão associados às pedras e às plantas e ambos são conhecidos por serem criaturas travessas, presentes no folclore da Europa e no de outros continentes, mas sob nomes e manifestações diferentes.

Manifestações e formas de elementais podem mudar de lugar pelo lugar tanto pelas representações mentais dos seres humanos como os próprios seres podem assumir formas diferentes assim como há pelo mundo diferentes espécies de animais.

Gnomos e doentes são criaturas neutras, e podem tanto fazer o bem como o mal, dependendo se são bem tratados pelos seres humanos ou se se sentem ameaçados e ofendidos. Então podem aprontar.

Quais as diferenças entre gnomos e duendes?

Os gnomos são criaturinhas compactas, pequenas e robustas. Podem se parecer com homenzinhos, e aparecer na forma de anões barbados ou de pequenos seres de rocha, terra ou pedra.

No geral são muito esforçados e receptivos, embora também possam ser temperamentais.

Já os duendes são aqueles seres que costumamos ver representados com chapéus pontiagudos e pele de cor verde. Eles têm a fama de fazer muitas travessuras e isso não é por acaso, pois podem querer brincar com os seres humanos, aproveitando-se da sua invisibilidade em relação aos que não têm a visão espiritual aberta.

Apesar de sua aparência pequenina e graciosa, estes seres são poderosos e importantes na manutenção do equilíbrio da matéria.

Podem ser achados em todo lugar que conter vegetação e terra, e também estão ligados aos metais.

Há quem diga que metais preciosos e pedras bonitas são excelentes para chamar a atenção deles, enquanto você medita e se concentra num lugar com vegetação na intenção de percebê-los.

Também há quem diga que se pode oferecer a eles alimentos, como maçãs, mas essa prática não é recomendável para quem não sabe se proteger bem espiritualmente, não tem a visão espiritual aberta ou não tem alguém experiente que o oriente nisso, pois pode atrair outro tipo de espírito, nem sempre benévolo.

Características de duendes e gnomos

Jeito de ser e agir: Trabalhadores, incansáveis e calorosos os gnomos. Brincalhões e travessos os duendes.

Características de duendes e gnomos

Os gnomos são protetores, e em geral preferem segurança e conforto. A ajuda deles, que pode ser pedida com preces simples, pode nos ajudar a conseguir perseverança e força para trabalhar. Basta pedir com sinceridade, calma e manter a harmonia com a natureza.

Enquanto os duendes podem nos fornecer um maior espírito de inspiração e criatividade, e também nos ajudar a fazer as tarefas de casa com maior disposição.

Signos associados a gnomos e duendes: Touro, Virgem e Capricórnio, pois são os signos do elemento Terra

Estão ligados a: Terra, plantas, pedras e metais.

Direção: Norte.,

Duendes e gnomos na história

No século XVI, Paracelso escreveu extensivamente sobre espíritos chamados “elementais”. Eles são espíritos da natureza associados aos quatro elementos: ar, água, terra, fogo.

Os elementais do ar são chamados de silfos, os da água são as náiades e ninfas, os do fogo são chamados de salamandras e os da terra são os gnomos e os duendes.

Paracelso, diferentemente do que acreditariam espiritualistas de épocas posteriores, estava convencido que esses quatro tipos de espíritos são feitos de carne e sangue como os seres humanos, mas que não têm alma e podem se mover tão rápido quanto “espíritos puros”.

Com relação à natureza física dos espíritos elementais, ele tinha como referência as tradições nórdicas e medievais, nas quais se acreditava que os trolls, as fadas, os gnomos e os elfos não eram de matéria etérica. Em vez disso, como os seres humanos, possuíam um corpo físico, de fato feito de carne e ossos.

Na Antiguidade e na Idade Média, quando a humanidade ainda mantinha um contato muito mais próximo com os mundos sutis e com a natureza, estas criaturas eram vistas portanto por boa parte da população como pequenos seres que podiam ser até mesmo tocados.

Os contos de fadas fazem referência aos gnomos e duendes como seres fantásticos, mas naquele período as coisas eram concebidas de outra forma, era considerado normal encontrá-los, e se acreditava que os gnomos desapareciam repentinamente da visão do homem por medo ou timidez.

Com a teosofia, especialmente através dos estudos de Charles Leadbeater, os estudos sobre elementais foram bem aprofundados, e já se falava deles como seres sutis.

Mas isso também por outro lado aconteceu porque os encontros foram se tornando mais raros, e a humanidade cada vez mais distante dos planos espirituais para se apegar a questões mais concretas deste mundo.

Duendes e gnomos e a terra

O elemento Terra, que é habitat de duendes e gnomos, remete ao ventre, ao nascimento e finalmente à morte.

Eles estão ligados aos ciclos da Natureza, e à vida que se origina da terra e a ela retorna.

Duendes e gnomos e a terra

Diz-se que os gnomos presidem os tronos subterrâneos da terra e que são os guardiões de segredos primordiais e tesouros escondidos.

Mas os duendes também guardam seus tesouros. E aqui entra a lenda do famoso pote de ouro com o arco-íris.

O que essas histórias significam?

A Terra governa tudo o que faz parte da esfera material, concretude e estabilidade.

Portanto, os contos com gnomos e duendes simbolizam sobretudo a característica deles de difundir prosperidade, de reger este aspecto da vida.

Oração aos gnomos

“Rei invisível, que tomastes a terra para apoio e que cavastes os seus abismos para enchê-los com a vossa onipotência, vós, cujo nome faz tremer as abóbadas do mundo, vós que fazeis correr os sete metais nas veias das pedras, monarca das sete luzes, remunerador dos operários subterrâneos, levai-nos ao ar desejável e ao reino da claridade.

Velamos e trabalhamos sem descanso, procuramos e esperamos pelas doze pedras da cidade santa, pelos talismãs que estão escondidos, pelo cravo de ímã que atravessa o centro do mundo.

Senhor, Senhor, Senhor, tende piedade dos que sofrem, aliviai nossos peitos, desembaraçai e elevai nossas cabeças, engrandecei-nos.

Ó estabilidade e movimento, ó dia envolto na noite, ó obscuridade coberta de luz!

Ó senhor, que nunca retendes convosco o salário dos vossos trabalhadores! Ó brancura argentina, ó esplendor dourado! Ó coroa de diamantes vivos e melodiosos! Vós que levais o céu no vosso dedo, como um anel de safira, vós que escondeis embaixo da terra, no reino das pedrarias, a semente maravilhosa das estrelas, vivei, reinai e sede eterno dispensador das riquezas de que nos fizestes guardiões. Amém”

Esta oração é mais efetiva se feita na décima hora noturna, hora esta que seria a hora da Terra.

E faça-a de preferência em dias regidos por planetas de terra, ou seja, na quarta-feira, na sexta-feira e ou no sábado.



Marcello Salvaggio
logotipo amazon

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.

Dúvidas no Amor?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

outubro 20, 2021

outubro 19, 2021

setembro 27, 2021

>