julho 5, 2021

Ginkgo Biloba: uma planta para combater a impotência sexual e outros problemas de saúde.

  • Início
  • Blog
  • Bem Estar
  • Ginkgo Biloba: uma planta para combater a impotência sexual e outros problemas de saúde.

Existem muitas plantas com potencial analgésico e anti-inflamatório.

Algumas são de uso bem específico.

Neste caso, vamos falar de uma bem efetiva contra enxaquecas e cefaleia, além de ser benéfica em outras áreas partes sua saúde.

As principais virtudes da Ginkgo biloba

As principais virtudes da Ginkgo biloba

A Ginkgo biloba é uma árvore extremamente antiga. Já existia em plena época dos dinossauros!

O consumo do chá de suas folhas secas ou o uso do suplemento de Ginkgo biloba tem muitas virtudes, como por exemplo:

 efeitos antidementivos, ou seja, desacelera o envelhecimento natural das células, dificultando o aparecimento de doenças ligadas à demência;

 auxilia no aumento da concentração, portanto pode ajudar no seu trabalho;

 funciona como neuroprotetor;

 melhora as capacidades cerebrais de aprendizado e memória;

 ajuda na circulação do sangue para o cérebro;

 combate vertigens, zumbidos e dores de cabeça.

Agora vamos examinar esses benefícios mais detalhadamente!

A Ginkgo Biloba e a circulação

A Ginkgo Biloba tem um efeito muito poderoso sobre a circulação. O seu efeito se mostra em especial na oxigenação do sangue, que melhora significativamente com um efeito benéfico em todo o corpo.

Esta planta é capaz, entre outras coisas, de agir positivamente não só na circulação central mas também na periférica e por isso ajudar em caso de peso ou inchaço dos membros inferiores devido a problemas circulatórios.

Graças ao efeito benéfico sobre a circulação, muitos problemas podem ser resolvidos com Ginkgo Biloba, incluindo hemorroidas e disfunção erétil.

Ginkgo Biloba na Melhora da memória

Ginkgo Biloba na Melhora da memória

Graças à sua ação sobre a microcirculação cerebral, o Ginkgo Biloba é capaz de melhorar significativamente as faculdades intelectuais, especialmente a memória de curto prazo, mas também a clareza mental e a capacidade de concentração.

O extrato de folhas de Ginkgo biloba é amplamente utilizado como suporte no tratamento de doenças relacionadas à idade que causam problemas de memória e concentração.

Os efeitos benéficos dos extratos de Ginkgo foram demonstrados em vários estudos, destacando sua capacidade de estabilizar o declínio cognitivo e a demência, em pacientes idosos ou com sintomas neuropsiquiátricos.

Existe, portanto, um grande interesse em seu potencial, em particular para o tratamento de doenças da velhice como a doença de Alzheimer.

No entanto, o efeito benéfico não diz respeito apenas aos pacientes.

Por exemplo, um estudo alemão (https://europepmc.org/article/med/14602503) mostrou uma melhora acentuada na memória em indivíduos saudáveis tratados com Ginkgo por apenas quatro semanas!

Mas como o Ginkgo é capaz de promover a memória e a concentração?

É graças ao conteúdo de flavonoides e ginkgolídeos que se obtém uma melhora significativa na microcirculação, mesmo no cérebro, com maior produção de energia mitocondrial e neuroplasticidade, tornando o cérebro mais flexível e fazendo com que reaja melhor a novos estímulos.

A Ginkgo Biloba pode prevenir problemas no sangue e ataques cardíacos

Uma das propriedades mais populares do Ginkgo Biloba é evitar a agregação plaquetária e, portanto, os perigosos coágulos que podem se formar no sangue.

Desta forma, portanto, tem ação benéfica na prevenção dos riscos cardiovasculares representados por trombos e ataques cardíacos.

A Ginkgo Biloba contra alergias

Entre os benefícios da Ginkgo Biloba está também o de ser um remédio natural eficaz contra as alergias, pois reduz a liberação da histamina, a substância responsável por tais reações incômodas.

Benefícios da Ginkgo Biloba no humor

A Ginkgo biloba também possui propriedades benéficas para o humor. Na verdade, tem ação antidepressiva com repercussões positivas no bem-estar geral sentido pela pessoa.

É útil para estabilizar o humor caso você sofra de mudanças repentinas.

Chá de Ginkgo biloba: como preparar?

Chá de Ginkgo biloba

Separe 240 gramas de folhas secas para até 1 litro de água. Ferva de 5 a 10 minutos e tome durante o dia.

Você pode encontrar as folhas em lojas de produtos naturais e sites especializados.

Chá de ginkgo biloba e gengibre contra impotência sexual

O chá de ginkgo biloba é um excelente estimulante e vasodilatador, por isso pode ajudar a combater a impotência sexual.

Aqui vamos lhe passar uma mistura com o gengibre, que pode ser ainda mais poderosa.

Você vai precisar de:

20 g de ginkgo biloba

180 ml de água

1 pitada de gengibre em pó

Mel para adoçar (o quanto quiser, desde que não exagere)

Ponha o ginkgo biloba na água fervente e deixar repousar por 10 minutos.

Depois disso Coe e acrescente o gengibre e o mel.

Tome este chá ao longo do dia.

Ginkgo Biloba: principais utilizações e suplementação

As utilizações do Ginkgo Biloba podem ser diferentes dependendo do problema que pretende resolver com a ajuda desta planta.

Você pode utilizar o chá, o extrato do botão e a tintura mãe.

Certamente, se você deseja atuar de forma muito forte, em especial na microcirculação cerebral para melhorar as funções cognitivas, geralmente é recomendável usar extratos secos padronizados à base desta planta.

A dosagem do extrato seco deve estar entre um mínimo de 120 mg (por dia) e um máximo de 240 mg, divididos em duas doses diárias.

É administrado em ciclos que podem durar alguns meses, com uma interrupção entre um e outro de cerca de 20-30 dias.

Se tiver dúvidas, converse com um profissional de saúde.

Até para saber se há contraindicações para você. Se já enfrentou um Acidente Vascular Cerebral (AVC) do tipo hemorrágico, não consuma a Ginkgo biloba.

Contraindicações e efeitos colaterais da Ginkgo Biloba

A Ginkgo Biloba é o exemplo clássico de um remédio natural que deve ser tomado com os cuidados necessários, não subestimando sua ação pelo simples fato de ser uma planta.

Na verdade, é um suplemento que, para além da questão se você já sofreu um AVC, tem algumas outras contraindicações, que devem ser conhecidas para não cometer erros que possam colocar a sua saúde em risco.

Em primeiro lugar, não deve ser tomado em caso de uso de certos medicamentos: por exemplo, agentes antiplaquetários e anticoagulantes, mas deve ser absolutamente evitado, mesmo em conjunto com a aspirina.

Além disso, o uso de Ginkgo biloba deve ser evitado ao tomar diuréticos e trombolíticos.

O uso deve então ser avaliado, com a ajuda do seu médico, se você estiver tomando outros tipos de medicamentos.

Entre as contraindicações do Ginkgo Biloba está também a de ser altamente desencorajada durante a gravidez e amamentação, mas também no caso de sofrer de epilepsia.

Precisamente por se tratar de uma planta com princípios ativos muito fortes, antes de tomar este suplemento é sempre melhor consultar um especialista em caso de qualquer dúvida.



Dúvidas no Amor?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

abril 13, 2022

novembro 8, 2021

outubro 21, 2021

>