julho 2, 2021

Exú Tata Caveira: quem é ele e como ele trabalha

A história do Exú Tata Caveira

Exú Tata Caveira

Conta a história que o Exú Tata Caveira nasceu no Egito por volta de 670 D.C e viveu até o final de 698 D.C. Seu nome era Próculo e ele era de origem romana.

Próculo vinha de uma família muito humilde, que vivia em uma aldeia e, durante toda a sua vida, lutou muito para prosperar financeiramente e conseguir acumular algum tipo de riqueza, especificamente em terras e animais como cabras e camelos. Porque além de precisar de dinheiro, para ajudar a sua família e aos que amava, era necessário, naquela época, ter dinheiro para comprar uma mulher de sua família para poder se casar.

A paixão por uma amiga, que havia sido criada junto a ele, desde pequenos, fez com que ele quisesse, cada vez mais, guardar e conquistar mais dinheiro, para que não pudesse existir a possibilidade de não conseguir ser aceito pelo pai da menina por conta da quantia que tinha a oferecer. Pretendia ter a garantia que a tão desejada união aconteceria.

Entretanto, as coisas não saíram como ele queria. Seu irmão, quando teve conhecimento do seu desejo em consumar a sua união com a bela jovem, o traiu.

Quando o irmão de Próculo soube que ele já havia conseguido adquirir mais da metade da aldeia em que viviam e, consequentemente o valor para oferecer ao pai da moça, apunhalou-o pelas costas e fez uma oferta ao pai da moça, um dia antes de Próculo fazer a sua e, assim, ficou com a bela jovem.

Seu irmão era mais velho e muito invejoso, mas, mesmo assim, por respeito ao seu sangue, Próculo, apesar de muito magoado, respeitou o que havia ocorrido e não interferiu no trato.

Próculo então seguiu com sua vida, cuidando das suas terras, que eram muito ricas e prósperas, até que um dia uma aldeia próxima à dele começou a prestar atenção em suas terras.

A cobiça pelas suas terras veio a gerar uma guerra com a invasão repentina de sua aldeia, para a surpresa de seus habitantes. Como consequência da invasão e devido à inferioridade numérica do seu vilarejo, quase todos morreram, sobrando somente 49 pessoas.

Revoltados, os sobreviventes se uniram para uma vingança, invadindo a aldeia inimiga, onde estavam mulheres e crianças e, como consequência desse ato raivoso, muitas vidas foram perdidas, até que os 49 foram cercados e presos.

Próculo foi queimado vivo.  Mas a sua maior dor continuava sendo a traição de seu irmão, que agora queimava ao seu lado.

E assim surgiram os 49 exús da linha Caveira, constituída por homens e mulheres que, naquele dia, morreram lutando por suas casas e sua comunidade.

Entre os exús da linha da Caveira, existem:

  • João Caveira – Atua no desmanche de feitiços e na cura em hospitais;
  • Exu Caveira – Trabalha no desenlace carnal em cemitérios e curando e auxiliando na transição e transmutação de energias;
  • Tata Caveira – Trabalha com a parte da cura física e mental em hospícios e asilos, ajuda idosos;
  • Sete Caveiras – Atua no comando das linhas da Caveira; pouco incorpora atualmente em médiuns nos terreiros de Umbanda e Candomblé;
  • Maria Caveira – Muito ligada ao Exu Caveira, trabalha com ele na cura e nos cemitérios;
  • Rosa Caveira – Ligada a João Caveira, trabalha junto com ele em hospitais e na cura;
  • Exu Caveira da Porteira – Atua na proteção dos terreiros e seus médiuns. É um grande amigo e guardião, além de fornecer proteção quando outro caveira atua em locais extremamente densos;
  • Quebra Ossos – Exu que cura e desfaz doenças e feitiços muito rapidamente;
  • Tata Molambo – Atua junto com Tata Caveira;
  • Tata Veludo – Um exu que raramente incorpora e é muito velho. Atua como Caveira e também como Veludo. Quase não anda, deixando os médiuns que o incorporam sem firmeza nas pernas.

Características do Exú Tata Caveira

Características do Exú Tata Caveira

O Exú Tata Caveira vem na linha de Omulú/ Obaluaê e por serem das almas atuam nos cemitérios (calunga pequena) e hospitais, preparando os portais que levarão as almas que desencarnaram para outros planos astrais.

Por ser rígido, e por conta da sua história de vida, os exús da sua linha são os mais indicados para tratar os espíritos com muito rancor e raiva, como por exemplo assassinos, homicidas, suicidas, estripadores, estupradores, psicopatas, estranguladores etc.

Ele também é muito procurado para retirar do vício os encarnados que se entregaram aos males das drogas, dos entorpecentes e dos narcóticos. Entretanto, como o vício é, na maioria das vezes, consequência da vampirização por obsessores (espíritos sem luz), o livre-arbítrio é que vai determinar se o auxílio do Exú Tata Caveira pode ser concedido ou não.

Como entidade, o Chefe-de-falange, o Tata Caveira, é pouco compreendido, pois tem fama de rabugento e de ser muito bravo. Poucas pessoas conseguem trabalhar com esse Exú e eles são muito exigentes na escolha de seus cavalos.

Apesar da fama de rabugento, você perceberá que esse Exú, na verdade, pode ser muito brincalhão, mas, quando fala algo, faz com firmeza e nunca mostra dúvida.  Seu temperamento pode variar e ir de uma ponta à outra em pouco tempo.

O Exu Tata Caveira é extremamente leal e amigo, podendo ser até ciumento. Sua característica mais marcante é a fidelidade e, por isso, ele não perdoa traição, principalmente a de um amigo. Considera-a a pior delas. Por isso, uma vez amigo de Tata Caveira, tem-se um amigo para o resto da vida. Nesta e em outras evoluções.

Uma das características da linha das caveiras é a de caminhar na rua, mostrar que realmente está presente. Suas incorporações são cheias de surpresa, pois ele sempre tem truques para mostrar aos seus consulentes.

Esse Exú adora se mostrar para afirmar sua presença e provar, através de seus truques, que realmente está ali.

Não se esqueça que, apesar do local de maior vibração do Exú Tata Caveira ser o cemitério, ele também pode atuar em matas fechadas, nas praias, nas cachoeiras, nos rios, nas pedreiras, nas trilhas. O local varia de acordo com o trabalho a ser feito e o propósito a ser atingido.

O Exú Tatá Caveira só trabalha com os pés descalços e gosta de beber whisky e fumar charuto.

Sua guia é preta e branca e possui caveiras e tridentes como adereços.

Características dos Filhos do Exú Tata Caveira

Os filhos do Exú Tata Caveira costumam ser rígidos e não levam desaforo para casa. Falam o que pensam e não tem medo de nada nem ninguém.

Eles adoram assuntos místicos e, com relação ao seu porte físico, geralmente são magros ou mantêm o peso nos padrões normais, nunca ficando obesos.

Uma característica dos seus filhos é de não possuir boa dentição e acusar problemas nos ossos.

São pessoas muito divertidas e bastante trabalhadoras, apesar de adorarem dormir bastante e, à noite, costumam ficar mais ativos e com mais energia, sendo o momento que mais rendem durante o dia.

Muitos se tornam militares, seguranças, policiais, ou cultivam profissões relacionadas às armas, bem como alguns em seu lado negativo podem enveredar para o mundo do crime.

Costumam ser avessos a vícios e tendem a ser perfeccionistas demais.

Saudação e seu significado    

Laroyê Exú Tata Caveira! – o seu significado é: Salve o Exú Tata Caveira!

Ponto cantado do Exú Tata Caveira

Ponto cantado do Exú Tata Caveira

Soltaram um bode preto
Meia-noite no terreiro
Soltaram um bode preto
Meia-noite no terreiro

Ele correu os quatro cantos
Foi parar lá na porteira
Bebeu marafo com Tata Caveira
Ele correu os quatro cantos
Foi parar lá na porteira
Bebeu marafo com Tata Caveira.

Gostou do artigo? Comente aqui embaixo e compartilhe!



Dúvidas no Amor?

Dinheiro?

Emprego?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

agosto 13, 2021

julho 23, 2021

julho 9, 2021

>