Estou sendo traída? Como o tarot pode te ajudar a descobrir

Você sente que está sendo traída? Tem medo da traição? Você não está sozinha. O medo da traição e a desconfiança quanto a esse risco são sentimentos presentes na vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. O tarot é uma ferramenta de autodescoberta muito poderosa, capaz de mudar o rumo da sua vida e a forma que você enxerga questões básicas, como o amor. Nesse sentido, refletir com o sentido das casas é tão importante quanto utilizá-las pra a divinação. Se você gostaria de utilizar o tarot como uma ferramenta para descobrir se está sendo traída, aconselho que utilize nossa leitura de tarot gratuito ou consulte nossos especialistas. Mas antes disso, eu te convido a refletir um pouco sobre o amor e a traição utilizando os ensinamentos ancestrais e atemporais do tarot. Para isso, escolhemos algumas cartas capazes de iluminar sua situação. Vamos lá?

Os amantes

 A traição é um medo de quem ama. E porque isso acontece? Porque amar é uma entrega. Até mesmo o ato amoroso é uma entrega, na qual o amante deixa o seu prazer e sua energia à disposição do ser amado. E o quanto seria doloroso perceber que essa entrega é feita para alguém que não respeita esse sentimento? A carta dos amantes remete ao encontro, à escolha de ficar do lado da pessoa amada. Mas também, nos convida a refletir sobre as limitações do amor terreno. A moral da carta é: se você se entrega por amor, dificilmente estará errada. Porque o amor por outra pessoa é um portal para o paraíso na terra. No amor, nos misturamos com outro ser, dissolvendo nosso ego. Assim, o ego e o egoísmo desaparecem e nos integramos ao universo. Essa é a sensação do orgasmo, que nos liberta. Porém, a traição é o sentimento de desconfiança prejudicam a confiança necessária ao amor. Os Amantes, nos lembra que sempre escolhemos estar ao lado de quem estamos. Seu parceiro também deve escolher ficar ao seu lado, e se decidir pelo oposto, deve jogar limpo e não trair a sua confiança.

O diabo

 O amor espiritual e unificante representado pela carta dos amantes nos leva à procura dos prazeres carnais, representados na figura do diabo. O diabo significa posse, luxúria e apego. São nossos instintos mais primitivos. Ele é a figura que representa nossas prisões. Em uma leitura sobre traição essa carta pode trazer a tona todos os vícios. Pode significar o apreço pelos prazeres carnais que faz com que seu parceiro te traia, buscando sexo e liberação. Ou seja, pode significar a traição. Mas também pode significar sua possessividade, sua vontade de controlar a vida e o amor, para “ter para sí” o homem que ama. Em ambos os casos, estamos falando de energias materiais e ligadas ao mundo dos desejos primitivos: posse, luxúria, êxtase e controle.

7 de espadas

 O sete de espadas é uma carta que entrega impostores. Se você peguntar ao tarô “ele está me traíndo?” e essa carta aparecer, você pode considerar que existem grandes chances de que uma traição está ocorrendo. O 7 de espadas apresenta um homem que está tentando escapar de um ato ilícito, orgulhoso por conseguir passar iluso. Ela também indica uma pessoa que está se enganando, usando truques mentais e estratégias para se safar de alguma culpa, adivinda de algum ato prejudicial.

A torre

 Se o seu relacionamento é uma grande base da sua vida, em um casamento duradouro ou um amor de muitos anos, essa carta pode indicar más notícias. A revelação de um segredo como uma traição pode abalar todas essas estruturas e você verá seu castelo ruir. É algo que você não pode controlar. Se seu parceiro se apaixonou por outra pessoa, por exemplo, é preciso compreender que a vida é cheia de atrações e reações. Por mais doloroso que seja, uma coisa deve morrer para outra nascer, é o ritmo da vida. Além disso, a queda da torre significa um retorno às suas estruturas. Antes de amar e de viver para esse relacionamento, o que te fazia ficar de pé? O que você deixou para trás e quer retomar? A torre é o sinal de uma nova vida que está esperando para renascer, como a fénix das cinzas.

A papisa

 Algumas cartas, como as anteriores, são exemplos de reflexões a respeito do amor em sua beleza e também do final de um ciclo, da traição, do engano e da perda. No entanto, o caminho do tarot é o autoconhecimento. Por mais que as cartas sejam valiosas para desvendar os mistérios, nada pode ocorrer sem que você confie em sua própria intuição para entender o que sente. A Papisa nos lembra disso. Ela é o simbolo da energia feminina, do “sexto sentido”, da intuição de todas as mulheres. Se você sente que seu companheiro está te traindo, isso é sinal de alguma coisa, mesmo que não seja de uma traição efetiva. Pode significar que você não confia nele. Isso já não é o suficiente para vocês terem uma boa conversa e resolverem essa situação, não é? Pois a entrega representada pela carta Os Amantes só pode ocorrer na confiança. Lembre-se de confiar no que você sente. Se é medo, se é solidão, se é distância. Tudo isso pode estar por trás de seus ciúmes e receios quanto a traição. A papisa te convida a olhar para si mesma, pois a resposta que você precisa já está em seu coração. Misterioso né? A vida é assim, repleta de mistérios! Comente abaixo suas opiniões e conheça mais sobre o tema lendo nosso artigo sobre amor e tarot.

Relacionamento amoroso passando por problemas?

Com dúvidas sobre sua vida amorosa? Não tem certeza sobre o que esperar do futuro? Você e seu amor vão voltar? Faça uma consulta com nossos consultores e traga a paz de volta a sua vida.