abril 27, 2020

Cromoterapia: a energia e as vibrações das cores.

Você conhece ou sabe o que é a Cromoterapia?

Você já parou para analisar que muito do que nos rodeia possui cores?

Nossas roupas, os alimentos que ingerimos, a cor do nosso cabelo, dos nossos olhos, as flores, as cores que estão presentes no nossos chakras…

Pois é, existe um mundo colorido (mesmo os tons mais escuros e acinzentados, ainda são cores) diante de nós.

E já parou para pensar que cada cor tem um significado e uma energia que atua sobre nós?

É aí que está uma das formas terapêuticas abordadas na Cromoterapia, uma Terapia Holística que, através das cores, visa proporcionar o reequilíbrio energético dos corpos astral e físico.

Cromoterapia: como funciona?

Cromoterapia

Existem muitos métodos de se trabalhar com a Cromoterapia.

Profissionalmente é muito utilizada nos atendimentos de alinhamento de Chakras.

Normalmente é verificado, através de um pêndulo, o fluxo energético de uma pessoa.

O pêndulo programado irá servir como um “medidor”, indicando qual chakra está em desarmonia ou enfraquecido.

Ele é passado por cada parte do corpo em que atuam os 7 principais chakras e assim o Terapeuta qualificado irá observar o movimento do pêndulo, se gira forte ou fraco, se no sentido horário ou anti-horário. Em alguns casos de bloqueio energético, o pêndulo se mantém estagnado sobre a vibração daquele chakra; e essa é só uma parte desse atendimento.

Após a análise e verificação, o terapeuta irá usar um bastão cromático. Esse instrumento utiliza uma sequência de cores correspondentes aos chakras e, através da luz do bastão e a troca de cores do mesmo, o atendimento é feito direcionando cada cor em seu respectivo chakra.

Cromoterapia – outras formas de se aplicar.

Nós também podemos, em nosso dia a dia, fazer uso dos benefícios da Cromoterapia e das vibrações das cores para o nosso bem-estar.

Os alimentos são interessantes formas para atuarmos com as cores sobre nós. Por exemplo: uma pessoa que se sente muito para baixo, triste e com falta de estímulos, pode se alimentar mais com comidas nas cores vermelho e/ou amarelo (frutas, legumes, verduras e sucos).

Cromoterapia, primeira observação: opte sempre por uma alimentação mais natural, já que é uma forma terapêutica de se cuidar. Evite alimentos industrializados e pigmentados artificialmente, como os que levam corantes.

Cromoterapia, segunda observação: Jamais se alimente apenas desses alimentos só porque se sente triste ou com picos de estresse! Tenha sempre uma alimentação balanceada, com todos os nutrientes e vitaminas necessários para o corpo. Aqui a orientação é que se complemente suas refeições com esses alimentos, caso queira usufruir desse método terapêutico.

Outro exemplo é de uma pessoa que tem vivido com oscilações de humor: explosões de raiva e pensamentos conturbados, levando-a a excessos de negatividades e brigas com outras pessoas; ela deve evitar principalmente a cor vermelha, que traria ainda mais agitação para suas emoções, pensamentos e todo o seu campo energético.

De modo similar, aquela pessoa triste e melancólica lá de cima, que citamos como precisando de estímulo, deveria evitar contato excessivo com as cores azul e cinza, que nos tranquilizam, mas podem gerar estagnação, sono em excesso e ainda mais lentidão ou falta de energia.

Por isso é importante observarmos os nossos estados da mente, das emoções e do corpo, para sabermos exatamente que tipo de energia nos faz falta e qual está em excesso. Assim poderemos aplicar as cores de modo correto e obter seus benefícios!

Estas são formas sutis e naturais de se trabalhar com as cores, mas, como as circunstâncias específicas variam de pessoa para pessoa, em casos de alergia, de intolerância alimentícia, de gestantes e de pessoas com algum fator de risco relacionado a algum tipo de alimento, esta pode não ser a melhor forma de utilização e abordagem. Se tiver problemas de saúde sérios, melhor consultar um terapeuta competente.

Outra ótima funcionalidade é estar em ambientes coloridos, com decoração agradável e estimulante ou que nos proporcione relaxamento.

Podem-se utilizar lâmpadas coloridas para um ambiente, quando notar uma necessidade específica em si mesmo. Por exemplo: uma lâmpada violeta num tom leve, ou uma luz azul, podem contribuir para uma boa noite de sono.

Já para os estudos ou ideias novas para trabalho, é indicada uma lâmpada na cor amarela em alguma sala, escritório ou no quarto quando estiver estudando.

Algumas das funções da luz na cor amarela são: inspiração e estímulo ao aprendizado.

Eu indico também a utilização das cores nas roupas (vestimentas do dia a dia, até peças íntimas). Talvez seja daí que tenha surgido a simpatia da “cor da calcinha” para se passar a virada do ano novo! ?

Ou quando notamos aquela mulher usando um vestido vermelho, que arrasa corações e para o trânsito! ♥️

Portanto, os meios de utilização das cores que eu mais indico são: lâmpadas para os ambientes e peças de roupas.

A meu ver, são as formas mais simples e seguras!

Cromoterapia: conheça as energias de cada cor.

conheça as energias de cada cor

Aqui vai uma lista das cores mais conhecidas e utilizadas por nós, ressaltando que vou indicá-las para luzes e roupas!

É importante saber utilizar com moderação, para não ocorrerem excessos e desequilibrarmos as nossas energias!

Cromoterapia: cor vermelha

É uma cor estimulante, atrai sensualidade, e é indicada para quem quer se destacar, receber olhares, trabalhar o poder de decisão e força de ação!

Serve também para quem se sente muito desmotivado, sem energia, para dar um up! Mas o vermelho não é indicado para quem anda muito agitado, estressado ou briguento.

Cromoterapia: cor laranja

Uma cor atrativa, trabalha muito bem a nossa sexualidade e a nossa desenvoltura. É uma cor indicada para pessoas tímidas, com dificuldades para se expressar ou se relacionar com os outros.

Também indicada para se trabalhar a prosperidade.

Mas não é indicada para pessoas que estão numa energia muito materialista ou sexualmente ativas (de modo desequilibrado).

Cromoterapia: o amarelo

É a cor da inspiração, do intelecto e também da alegria! Uma cor que estimula a criatividade e nos torna mais positivos! O amarelo pode ser indicado para pessoas com falta de foco ou que não valorizam a si mesmas.

Não é indicado para aqueles que estão sofrendo com pensamentos agitados, desorganização mental, enfrentando ansiedade ou que naturalmente já estão numa energia muito eufórica.

Cromoterapia: cor verde

Uma cor que nos coloca em contato com a natureza, promove uma consciência mais centrada, equilíbrio emocional e amorosidade.

Não é indicada para as pessoas que buscam agitação, curtição ou agilidade em algum objetivo para o momento.

Cromoterapia: o rosa

Uma cor com energia de descontração. Para quem tem estado muito sério ultimamente ou com uma rotina de deveres constantes, essa é uma cor que pode ajudar a deixar tudo mais sutil. Proporciona graciosidade e está ligada ao bom humor, além de ser envolvente e sedutora.

Não é indicado o uso para quem busca transmitir uma imagem de seriedade, como numa reunião de trabalho por exemplo ou em caso da pessoa estar muito numa energia brincalhona, a ponto de não conseguir levar nada a sério em sua vida. Pode transmitir infantilidade.

Cromoterapia: o azul

A cor tranquilizante para a mente e as emoções. Coloca-nos em contato com a paz interior e ajuda em atividades como meditação e relaxamento. É excelente para quem sofre de insônia, estresse.

Mas não é indicada para quem se sente cansado, sofre de depressão ou está passando por oscilações de humor.

Cromoterapia: roxo ou violeta

Assim como a cor azul, esta também é indicada para casos de estresse e insônia (e no caso de quem sofre com muitos pesadelos, colocar um cristal de ametista debaixo do travesseiro é uma ótima forma de se proteger de terrores noturnos), pois a cor roxa/violeta transmuta as energias e deixa-nos mais interiorizados.

É uma cor ligada à espiritualidade. Terapeutas holísticos constantemente a utilizam, assim como pessoas que buscam o autoconhecimento.

Proporciona expansão da consciência e da intuição.

Não é indicado o uso excessivo para quem já tem uma intuição muito aflorada e quer bloquear certas “visões” do terceiro olho e também para quem está num momento de vida em que busca movimentar seu círculo social.

Cromoterapia: o marrom

Uma cor ligada a energias de fortalecimento. É indicada para quem se sente fraco ultimamente, sofrendo com a desorganização na vida e no trabalho.

A cor marrom nos coloca mais presentes no agora e nos permite transmitir seriedade e senso de responsabilidade.

Não é indicada para aqueles que querem sentir a adrenalina correr em suas veias! E para pessoas que naturalmente já possuem um ar mais sério, neste caso a pessoa se tornaria desinteressante aos olhos alheios, pois não é uma cor de destaque e sim de maturidade e pode desenvolver certa rigidez.

Cromoterapia: o branco

Uma cor que nos deixa abertos a todo tipo de energia. É uma cor bem aceita entre as pessoas, portanto é indicada para quem quer ser aceito e aceitar a si mesmo, pois o branco também é indicado para interiorização e busca pela paz. Proporciona paciência, compreensão e clareza.

Não é indicado para pessoas que estão confusas ou não sabem o que buscam na vida e nem o que querem transmitir aos outros, pois o branco é a cor da transparência (na expressão, na comunicação, nos sentimentos, etc).

Cromoterapia: cinza e prata

O cinza é uma cor meio-termo entre a mistura do branco com o preto. Pode ser indicada para proteção astral e equilíbrio energético, mas há controversas a respeito do seu uso, pois é vista como uma cor em relação à qual devemos ficar alertas quanto à sua utilização, que pode aumentar sentimentos de tristeza, pensamentos densos e nos deixar bem apagados, sem graça aos olhos dos outros.

É diferente da cor prata, que transmite brilho e está associada ao glamour e à elegância.

Cromoterapia: o preto

Diferente do que muitos pensam, a cor preta não é uma cor densa (neste caso, o cinza é mais denso), na verdade é uma cor muito boa para proteção energética, bloqueio de negatividades e também nos deixa elegantes (dizem que o preto emagrece, né! ?).

Serve como um “manto de invisibilidade”, pois é uma cor de camuflagem, associada à noite e à escuridão. Por exemplo: uma pessoa vestida de preto, que anda na madrugada por um local perigoso, tem menos chances de chamar atenção para algum perigo do que uma pessoa na mesma situação com uma roupa mais colorida e chamativa.

É a cor da magia e pode nos colocar em contato com forças astrais.

Não é indicada para pessoas que desejam expressar suas emoções, pois o preto facilita o bloqueio delas.

Cromoterapia – Trabalhando o magnetismo pessoal.

magnetismo-pessoal

[ Observação: A vibração das cores na Cromoterapia aplica-se igualmente às pessoas que se atraem pelo mesmo sexo ]

Os estudos apontam que a cor mais atraente, nas mulheres, é sem dúvida alguma o vermelho.

Seja na roupa, no batom, nas unhas pintadas, na lingerie… não tem jeito, os homens babam por mulheres que usam essa cor.

Porque vermelho é a cor do calor da paixão, do desejo carnal, dos prazeres, e mulheres são seres naturalmente ligados aos encantos da sedução. Já os homens são atraídos por essas energias.

Portanto mulheres, invistam nessa cor quando quiserem viver uma nova paixão ou manter acesa a chama do seu relacionamento!

É excelente para mulheres que estão em processo de despertar o seu amor próprio e sua independência!

Já com os homens, os estudos apontam que (pasmem) a cor mais atraente para as mulheres é o rosa!

Tons mais claros e leves da cor rosa (até o salmão) deixam as mulheres encantadas!

Isso porque o rosa é uma cor que transmite carinho, respeito, afeto e elas entendem que os homens, quando usam essa cor, estão numa energia mais gentil, delicada e bem humorada (e mulheres gostam de companhias interessantes, de educação e romantismo).

Um homem que usa sem medo de preconceitos a cor rosa (afinal, gente, é só mais uma cor, como qualquer outra!) passa segurança para uma mulher, ela nota que ele pode ser uma pessoa mais atenciosa e sensível com relação às suas emoções.

Portanto homens, a cromoterapia pede que invistam nessa cor de vez em quando!

Se for a um encontro, certamente a paquera vai gostar do seu visual e terá boas primeiras impressões. Ou então, se já estiver num relacionamento, use-a com sua parceira. Além de deixá-lo mais elegante e sensual para ela, com certeza ela se sentirá confortável em seus braços!

É uma excelente cor para os homens trabalharem seus processos de aceitação e expressão das emoções.

Conclusões que tiramos sobre a Cromoterapia:

O mundo é um misto de cores e nesse arco-íris as energias dançam, misturam-se e proporcionam benefícios para nossa saúde holística!

Saber escolher uma cor na peça de roupa não te deixa somente mais bonita/o, mas vai fazer com que você vibre um astral diferente!

Tome consciência das cores que te rodeiam e veja o que elas fazem você sentir: alegria, tristeza, sono, paz interior, agitação; o que prevalece?

Você pode estar com excesso ou falta de alguma energia. Então, através da Cromoterapia, você poderá conseguir atingir um bem-estar maior para sua vida!

Gostou do artigo sobre Cromoterapia? Comente aqui e compartilhe em suas redes sociais!

Gratidão, Paz e Luz.



Vanessa Ramos

Vanessa Ramos


Praticante de Bruxaria, terapeuta holística, apaixonada por esoterismo. Minha ligação com a espiritualidade trouxe magia à minha vida, na escolha da área profissional e nos hábitos do dia a dia. Adoro ler, escrever e estudar os mistérios ocultos.

terapeuta vanessa ramos

Dúvidas no Amor?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

outubro 12, 2021

agosto 27, 2021

julho 19, 2021

>