setembro 28, 2021

O que é o corpo causal?

Palavras-chave:

* Corpos sutis

* Espiritualismo

* Meditação

* Esoterismo

* Ocultismo

O corpo causal

O corpo causal está além do ego, da personalidade. Tanto que persiste mesmo depois de todas as vidas de um indivíduo. Ele nunca morre.

Quando a mente é aplacada, quando não é mais atraída pelo mal que vem de baixo, é produzido um silêncio interior que permite ouvir a Voz do Silêncio.

Este é o Mestre interior, nossa Alma, que se faz sentir e nos convida a erguer os olhos para o céu. A mente se volta para cima e descobre que, de fato, como muitos de nós sempre pensamos, nem tudo está aqui, neste mundo.

O corpo causal nos dá essa sensação, de que existe algo muito acima e muito além. Ele é um mestre dentro de nós mesmos.

Através dele, o homem pode perceber os aspectos mais elevados da própria mente.

O plano causal

O corpo causal é a ferramenta que o Eu usa para viver e experimentar o plano causal, que não é acessível conscientemente a todos, mas somente aos que se esforçam no caminho espiritual.

Aqui estamos além da personalidade. É o plano da Alma, e o elemento associado a este corpo é a quintessência, que é a síntese dos quatro elementos da matéria.

Vamos explicar: a personalidade é composta de corpos (físico, etérico, astral e mental) e, por sua vez, os corpos estão associados aos elementos terra, água, fogo e ar.

Já no mundo que existe além da personalidade, ocorre uma síntese, os aspectos físico, emocional, sentimental e mental são percebidos simultaneamente e tudo fica imediatamente claro.

Tudo o que experimentamos nos mundos inferiores, através dos quatro elementos, também gera uma impressão no plano causal, que é precisamente a quintessência que resume os quatro inferiores.

Talvez agora você comece a entender o poder e a beleza do desenvolvimento do seu corpo causal: todas as vidas, que se movem dentro da lógica, dos quatro elementos, dos quatro primeiros corpos, estão abrangidas no plano causal. Neste plano se pode ter acesso a todas as vidas passadas.

O corpo causal é o receptáculo de todas as experiências humanas, é o Observador, o Usuário das experiências, e tem uma característica interessante que já mencionamos. É o primeiro corpo que não morre.

Pode ser abandonado, mas isso apenas no final do processo espiritual, quando o ser já alcançou a Iluminação.

O corpo causal e a reencarnação

Os corpos (físico, astral e mental) morrem a cada encarnação, por esse motivo não nos lembramos de vidas anteriores. Porque o cérebro físico e também o corpo mental não estão mais lá, com a nova encarnação temos um novo cérebro e um novo corpo mental.

Em vez disso, o corpo causal não morre, nossa Alma é igual à que já existia nas encarnações anteriores.

Portanto, acessar o corpo causal significa ter acesso a vidas anteriores, sendo capaz de finalmente ver como as causas produziram os efeitos relativos, pois tudo o que somos é o o efeito das causas acionadas no passado. E o que seremos depende das causas que acionamos hoje.

É chamado de corpo causal precisamente porque neste plano existem as causas de tudo o que somos e do que seremos. Todas as experiências do eu inferior são assimiladas pelo Eu superior, onde são processadas..

Após a morte e as vivências em outros planos, quando a Alma se prepara para uma nova encarnação, ela emite a sua nota, sente o que está faltando e decide em qual corpo, família, nação ou planeta encarnar.

Deve ser um local que reúna as condições perfeitas para experimentar o que ainda está faltando.

Explicamos agora tudo isso para fazer você entender o potencial que temos. Para que compreenda que, se aplicarmos os ensinamentos daqueles que já se realizaram nesse plano de consciência, poderemos acessar níveis de consciência até então impensáveis para nós.

A meditação é uma ótima ferramenta nesse sentido. Você acalma a mente, se desapega do desejo e, com o tempo, realiza a meta de êxtase do Yoga e de outras tradições. Uma meta que finalmente permite que a mente suba.

E assim, se expandindo, subplano após subplano, chegará a experimentar os níveis do plano causal.

No plano causal, a mente finalmente entenderá as causas de tudo o que acontece à nossa personalidade, a razão de nossas atitudes e as dos outros.

Tudo é mais claro, começamos a vislumbrar a perfeição da vida, começamos a participar conscientemente da própria vida e um movimento de alegria é liberado do coração.

Como você pode ficar com raiva, deprimido, angustiado, quando consegue ver o que anima a vida?

Em um nível causal, você vê que “o mal dói”, isto é, vê como as ações executadas com motivos impuros sempre produzem situações que trazem sofrimento. Enquanto que as ações realizadas com o coração puro produzem bem-estar tanto em você quanto naqueles que as recebem.

Então os antigos apegos (ao mal) cessam e sua ação é sempre bem motivada.

Dessa forma que se chega à Iluminação, que se dá a libertação do ego e cessam as reencarnações. O mestre só retorna aos planos inferiores quando há necessidade. Quando há uma missão ou chamado.

O corpo causal é o santuário oculto do Ser. Nada externo pode ter acesso a ele. Só pode ser alcançado imergindo-se no divino que está no homem.

O corpo causal e sua natureza

Do ponto de vista do Yoga tradicional, cada corpo está associado a um ou mais koshas. Os koshas são as camadas de consciência que velam o Atman, ou o verdadeiro Eu.

Acredita-se que descobrir cada camada aproxime o iogue da unidade com o universo. O corpo causal contém a anandamaya kosha (bem-aventurança), que é onde o iogue experimenta calma, paz e alegria superiores.

Algumas tradições fazem referência a essa camada como o verdadeiro Eu, enquanto outras acreditam que este kosha simplesmente abre a porta para o verdadeiro Eu.

Segundo Arthur E. Powell, o corpo causal, ao contrário dos corpos etérico, astral e mental, permanece sempre o mesmo ao longo da evolução do ser humano, passando intacto de encarnação em encarnação.

Para Alice Bailey, o corpo causal é a “Luz interior chamada Alma”.

Os orientais falam nesse nível do corpo causal como a primeira origem de qualquer outra manifestação.

Segundo Steiner, o corpo astral (o corpo da emoção), combinado com a capacidade de memória do ego e sua inteligência (ligada ao corpo mental), alcança um conhecimento do mundo externo.

Já o corpo causal leva o ser a um conhecimento interior de si mesmo

A partir daqui começa o caminho que cada homem deve ser capaz de percorrer individualmente para poder perceber Deus profundamente.

E essa percepção é semelhante à que o próprio Deus possui ao perceber a si mesmo. Entra aqui o que está na Bíblia: “E os criou à sua imagem e semelhança.”

Chegando-se ao corpo causal, nenhum desejo ou prazer entrará na esfera do Ser sem que seu Eu, como autoridade competente, permita isso.

Dessa maneira, toda a Alma se torna uma manifestação do Eu superior, é dirigida por ele. Enquanto que, ao não se conhecer o corpo causal, o Eu, que assume a forma do ego, fica como que adormecido em relação à Alma. Não tem acesso a ela, a não ser esporadicamente.

A partir do corpo causal, temos uma realidade que é cada vez mais difícil de ser explicada com palavras. Por isso algumas explicações podem soar ambíguas ou muito complexas.

Em palavras simples, para concluírmos, o corpo causal é como um barco que navega nas águas da eternidade, e que nunca afunda, enquanto todo o resto pode ser jogado para fora desse navio.



Marcello Salvaggio
logotipo amazon

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.

Dúvidas no Amor?

Dinheiro?

Emprego?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

março 28, 2022

dezembro 2, 2021

novembro 26, 2021

>