setembro 17, 2020

Ciúmes é doença? Saiba se você sofre de ciúmes doentio

COMPARTILHE

O que significa sentir ciúmes?

O ciúme é um sentimento ligado à possessividade e que muitas vezes não nos deixa viver o relacionamento de forma pacífica.

Ficamos com ciúme quando sentimos que poderemos perder o parceiro para outra pessoa e isso causa dor.

Então vamos descobrir por que temos ciúme e como lidar com o ciúme.

Ciúmes: doença ou amor?

ciumes-doenca-ou-amor

Quantas vezes na vida ficamos doentes de ciúme? E isso arruinou as vidas de quantas pessoas? Pense em todos os crimes passionais sobre os quais já ouviu.

O ciúme sempre foi tema de canções, livros e filmes. Muitas vezes tentamos dar uma explicação para ele, tentando acima de tudo entender o porquê de um sentimento que às vezes é destrutivo.

O ciúme é uma combinação de medo e raiva: medo de perder um ente querido e raiva porque achamos que outra pessoa pode estar interessada nesse ente querido além de nós.

Precisamos descobrir por que temos ciúmes, tentando definir esse estado emocional e afetivo que nem sempre é fácil de decifrar: está ligado ao amor verdadeiro, ou é algo insano e doentio, patológico?

Ciúmes e medo

ciumes-e-medo

Como podemos definir esse estado emocional específico? O que é ciúmes? É um sentimento que surge do medo de perder a outra pessoa, alguém que acreditamos que nos pertence e que acreditamos amamos muito.

O ciúme muitas vezes atua como um alerta, e o perigo é justamente o de perder aquele que amamos pela presença de outra pessoa.

Muitas vezes, isso nos leva a gestos excessivos e impulsivos causados pelo medo do abandono. No entanto, o ciúme nem sempre surge de um acontecimento real, mas muitas vezes origina-se de representações mentais, da imaginação: nós mesmos criamos um cenário em que o rival hipotético no amor aparece.

Mas por que você está com ciúmes?

O ciúme está ligado principalmente ao desejo de possuir, ao medo de que algo que pensamos ser nosso possa ser roubado por outra pessoa. O parceiro é considerado exclusivamente nosso e o ciúme ocorre mesmo sem uma situação real. Tudo se resume ao equívoco de que alguém nos pertence e que devemos possuí-lo total e exclusivamente.

Pode parecer difícil cultivá-la, mas a confiança é fundamental em um relacionamento. Se você não confia no parceiro, se acha que ele pode te largar a qualquer momento, por que então está com ele?

Se ele não gosta de verdade de você e vai te deixar, fará isso quer você queira quer não.

Claro que em alguns momentos é inevitável o medo da perda e sentir um pouco de ciúme. Mas isso é diferente de sair por aí fazendo escândalos e brigando sem justificativas reais.

Características de uma pessoa ciumenta

Quais são as principais características de uma pessoa ciumenta?

Temos as seguintes:

1 – Tem medo constante de perder algo ou alguém que você pensa ser seu;

2 – Tem medo de ser abandonada/o;

3 – Tem medo de que o outro possa ter algo que não pertence a ele/a;

4 – Tem ciúme de uma terceira pessoa que considera “perigosa” para o casal;

5 – Tem a tendência de subjugar o parceiro, de dominar o relacionamento;

6 – Sente desconfiança dos outros, algo que é frequentemente acompanhado de preconceitos;

7 – A falta de autoestima leva o ciumento a se sentir inseguro.

Ciúmes é doença?

ciúmes-é-doença-?

O ciúme se torna doentio quando fica parecido com uma paranoia.

Todas as mulheres no Instagram ou no Facebook do seu namorado de repente se tornam rivais. Como  se todas fossem se interessar por ele!

Se ele/a estiver olhando na direção onde há outra mulher/homem, isso vira razão para um escândalo. Cuidado: se algo te incomoda no parceiro, se você acha que ele está sendo desrespeitoso ou flertando com outras pessoas, procure conversar numa boa. Evite brigas e escândalos que só desgastarão o relacionamento de vocês.

Se você chegar em um nível em que até chega a machucar fisicamente seu parceiro ou sua parceira, é o caso de procurar terapia urgente. Não devemos nunca chegar às vias de fato em um relacionamento.

A pessoa que temos ao nosso lado está ali para ser amada e respeitada. Caso contrário, o relacionamento não faz mais nenhum sentido.

Ciúmes não é doença quando moderado. Afinal todos nós podemos em algum momento ter medo de perder o parceiro.

Algo bem diferente ocorre quando ele transforma o relacionamento em uma guerra.

Como vencer o ciúme? Algumas dicas úteis

Para superar o ciúme é necessário colocar em prática algumas estratégias, que são fundamentais para o enfrentamento desse estado emocional muitas vezes destrutivo.

Aqui temos algumas:

1 – Fortaleça sua autoconfiança: aumentar a autoestima reduz a ansiedade e a agressividade, dois elementos intimamente ligados ao ciúme.

2 – Faça uma análise das situações que provocam ciúme em você: faça uma avaliação objetiva e também tente se colocar no lugar do outro: seria bom para o seu parceiro ficar com ciúme toda vez que você fala ou olha para alguém?

Assim, você aprenderá a ser menos possessiva; comunique seus medos: se você se sente insegura, exponha suas dúvidas ao seu parceiro, contando a ele o que te faz mal. Desta forma ele também tentará prestar mais atenção, potencializando suas emoções.

3 – Passe mais tempo com outras pessoas: é aconselhável não ficarem sempre um grudado no outro.

Delicie-se com seu espaço, cada um com seus amigos e seus hobbies. Quando vocês não estiverem juntos, evite importuná-lo com muitas perguntas quando chegar em casa.

4 – Faça uma lista com as características boas e as qualidades físicas que seu parceiro ama em você: essa é uma lista para vocês fazerem obviamente juntos, e que será útil reler quando o ciúme tomar conta de você.

Pode parecer trivial, mas ler essa lista irá tranquilizar você.

5 – Tente entender de onde vem o seu ciúme: para acabar com o ciúme pela raiz, pergunte-se por que você está com ciúme e por que se sente ameaçada.

Dessa forma, você será capaz de analisar o problema, que parecerá menos doloroso para você;

6 – Peça desculpas e explique seus motivos: peça desculpas ao seu parceiro se você reagiu mal quando ele estava conversando com outra pessoa.

Lembre-o de que você confia nele e que, naquele momento, você passou por um momento de insegurança que levou a um exagero.

Aos poucos você perceberá uma grande melhora em si mesma/o e no relacionamento. Não se deixe nunca arrastar pelo ciúmes doentio! Ele prejudica sua vida e seu amor.

Siga em frente e cultive sua autoestima.

Gostou do artigo? comente aqui e compartilhe em suas redes sociais


Compartilhe!


VT-Post-Vanessa-Ramos
logotipo amazon

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.


Veja também...

outubro 13, 2020

outubro 1, 2020

setembro 24, 2020

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Publicação Anterior
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Próxima Publicação

Deixe seus comentários...

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>