fevereiro 24, 2021

Caboclo Tupinambá: características e história

A HISTÓRIA DO CABOCLO TUPINAMBÁ

CABOCLO TUPINAMBÁ

O termo “tupinambá” significa “o primeiro” ou “o mais antigo” e se refere a uma das nações indígenas mais conhecidas do Brasil. Fazia parte dessa grande nação as tribos Temiminós, Tupiniquins, Tamois, Tabajaras, Potiguaras, Caetés, Amoipiras, Aricobés, Tupinás e um grupo chamado Tupinambá.

Conta a história que, em um belo dia, o Caboclo Tupinambá saiu para uma de suas caçadas e levou uma pancada na cabeça, ficando desacordado por muito tempo, estirado no meio da mata.

Imóvel e no chão, o Caboclo começou a ser picado por alguns insetos e assim, um odor desagradável começou a sair do seu corpo e a atrair outros animais. Entre os animais atraídos, estava um grande animal feroz, que chegou para atacá-lo e foi surpreendido por uma serpente que que pulou em cima do animal e, com os barulhos da briga, o Caboclo Tupinambá voltou a consciência. Assustado e no impulso pegou a faca que portava em sua cintura e matou o animal feroz.

Com o abatimento do animal de grande porte, ele se afastou correndo da serpente sem tirar os olhos dela. Assim ele começou a caminhar de um lado para o outro, ainda atento com um possível bote da cobra, sem saber que ela já o acompanhava, com medo de que ele pudesse matá-la. E, assim, os dois seguiram por horas caminhando lado a lado e atentos.

Em um determinado momento o Caboclo percebeu que a cobra que ele temia e o acompanhava no caminho, estava lhe ajudando a caçar e servindo de isca para atrair suas presas. Ao longo dessa jornada o Caboclo e a serpente ficaram amigos, tão amigos que a cobra era levada pelo Caboclo, em seu braço, como se fosse um bracelete.

No caminho de volta, o Caboclo se perdeu pois, como ficou muito tempo desacordado, os rastros que ele havia deixado pela mata, haviam se apagado e, vagando pela mata, a procura da saída, ele foi levado até a morada das cobras e lá ele aprendeu os seus segredos, passando a conhecer todas as magias, quando elas subiram em seu corpo e curaram todas as suas feridas causadas pelos insetos.

Após o ocorrido, o Caboclo Tupinambá passou a conviver com as cobras em plena harmonia. Um auxiliando ao outro. Até que em um belo dia ele se surpreendeu com o ataque de uma cobra coral e esse ataque veio a se repetir por diversas vezes. O ataque se deu pelo fato de a cobra coral ter ciúmes da convivência do Caboclo com as outras demais de sua espécie, assim, uma disputa foi criada entre eles.

O Caboclo vivia brincando com a cobra coral para provocá-la, até que um dia, a matou. Após isso ele retirou o coro da cobra e colocou em sua testa e assim seguiu andando, com esse troféu. As cobras que andavam com o Caboclo, aceitaram o ocorrido, sem nenhum problema, já as outras cobras corais, não. E, assim, a rixa entre o Caboclo e a cobra coral permaneceu.

Acompanhado das cobras ele foi desbravando todos os caminhos da mata, até conseguir, finalmente, chegar a sua tribo e, ao chegar na sua aldeia, descobriu que caçadores haviam invadido suas terras e teriam tacado fogo em tudo. Sua mãe acabou sendo abusada e, posteriormente, morta queimada e, com isso, todos os seus familiares abandonaram a tribo. Entretanto, ele preferiu continuar no local e erguer seu novo começo ali, ao lado da sua nova amiga cobra.

Com o tempo, outros índios foram chegando e trazendo suas famílias e reestabelecendo uma tribo. Apesar disso, após todo o ocorrido, Tupinambá passou a ser um índio triste e de poucas palavras, mas que atuava na cura de todos os integrantes daquela aldeia.

Com o avançar da idade e a tristeza aumentando, o Caboclo sentiu que sua hora havia chegado e, por isso, preferiu se isolar na mata, com sua companheira cobra, sentado debaixo de uma árvore, aguardando sua morte que estava próxima e, assim, aconteceu. Entretanto, a sua grande amiga partiu primeiro.

CARACTERÍSTICAS DO CABOCLO TUPINAMBÁ

Esse Caboclo vem na linha e na vibração de Oxóssi. Trabalha muito com cura e com quebra de demandas. A sua cura vem do conhecimento que possui com relação as ervas e as banhas que retirava das suas caças.

O Caboclo Tupinambá é um caboclo com uma maneira de pensar muito otimista. Como ele gosta de dizer: “Tupinambá é como um bambu: sabe se vergar e, por isso, não pode ser quebrado.”

CARACTERÍSTICAS DO CABOCLO TUPINAMBÁ

Possui um humor sereno que permite com que ele seja firme sem deixar de ser carinhoso. Muito alegre ele é bastante carismático. Ele tem um grande poder de aconselhar consulentes que estão com brigas com familiares ou de relacionamentos profissionais. Tem uma cura diferente, mais ligada ao coração, de apaziguamento de brigas. Muito diplomático, esse Caboclo consegue, como ninguém, evitar uma guerra contra falanges negativas. Por isso, é muito procurado para auxiliar em questões “diplomáticas”.

Sua energia, em terra, é intensa e vibrante. Gosta muito de dançar e geralmente seus movimentos na dança são giratórios. Costuma usar pintura e adereços no rosto. E, em ocasiões festivas, usa um grande cocar que vai até o chão.

Sempre acompanhado de uma cobra e uma onça, ele trabalha juntamente com esses animais para auxiliar os consulentes. As cobras realizam a limpeza do períspirito das pessoas e do ambiente. Já a onça atua combatendo o que for mais pesado e grosseiro e, ainda existe o javali, que aparece quando é necessário para combater algo muito grave.

Com relação ao seu linguajar, ele pode ser um pouco complicado pois, na maioria das vezes, o tupi guarani se sobrepõe ao português.

Seus médiuns trabalham com guias nas cores predominantemente verdee utilizam o charuto como instrumento de trabalho. Para beber esse Caboclo trabalha com água de coco e, em alguns casos, pode ser visto tomando vinho.

Sua oferenda pode ser feita com frutas variadas, além milho e raízes.

CARACTERÍSTICAS DA INCORPORAÇÃO DO CABOCLO TUPINAMBÁ

O Caboclo Tupinambá, quando chega em terra, costuma saltar e cair sobre um dos joelhos, batendo no peito juntamente com seu brado. Depois disso ele gira uma das mãos sobre a cabeça, simbolizando o movimento circular da cobra que o acompanha.

Se a curimbó estiver rolando, certamente você verá esse Caboclo dançando.

SAUDAÇÃO E SEU SIGNIFICADO AO CABOCLO TUPINAMBÁ

A linha dos caboclos possui apenas uma saudação, incluindo o Caboclo Tupuninambá:

Okê Caboclo ou OkêTupinambá, significa: Salve Caboclo Tupinambá.

ORAÇÃO AO CABOCLO TUPINAMBÁ

Ó grande espírito, Caboclo Tupinambá, representante do Sol na terra, cuja voz ouço nos ventos, e cujo alento dá vida a todo o mundo. Ouve-me! Sou pequeno e fraco, sou pequeno e fraco, e necessito de tua força e sabedoria. Deixa-me andar em beleza, e faz com que meus olhos possam sempre contemplar o vermelho, e a púrpura do pôr-do-sol.

Faz com que minhas mãos respeitem tudo o que fizeste, e que meus ouvidos sejam aguçados para ouvir tua voz. Faz-me sábia e sábio, para que eu possa compreender as coisas que ensinastes ao seu povo. Deixa-me aprender as lições que escondestes em cada folha, em cada rocha. Busco força, não para ser maior que meus irmãos e irmãs, mas, para lutar contra meu maior inimigo: eu mesmo.

Faz-me sempre pronta e pronto, para chegar a ti com as mãos limpas e com os olhos firmes, a fim de que, quando a vida se apagar, como se apaga o poente, o meu espírito possa estar contigo sem se envergonhar.

Que Assim Seja!

PONTO CANTADO DO CABOCLO TUPINAMBÁ

PONTO CANTADO DO CABOCLO TUPINAMBÁ

Estava na beira do rio

Sem poder atravessar

Chamei pelo caboclo

Caboclo Tupinambá

Estava na beira do rio

Sem poder atravessar

Chamei pelo caboclo

Caboclo Tupinambá

Tupinambá chamei

Chamei tornei chamar

Tupinambá chamei

Chamei tornei chamar

Estava na beira do rio

Sem poder atravessar

Chamei pelo caboclo

Caboclo Tupinambá

Estava na beira do rio

Sem poder atravessar

Chamei pelo caboclo

Caboclo Tupinambá

Tupinambá chamei

Chamei tornei chamar

Tupinambá chamei

Chamei tornei chamar




Veja também...

março 18, 2021

março 11, 2021

dezembro 11, 2020

>