maio 14, 2021

Brigas de casal: como solucionar esse problema?

Brigas de casal: uma situação desagradável, mas nem sempre é a pior possível

Brigas de casal são sempre algo desagradável, já que nos coloca em conflito com quem amamos.

No entanto, elas são sempre ruins?

As coisas dependem muito de como são as discussões, se são construtivas ou não, se há respeito ou o respeito é perdido.

De acordo com especialistas, discutir de vez em quando no início de uma história até aumenta as chances do vínculo durar com o tempo.

A briga é um modo de comunicação no qual surge uma maior abertura emocional. Não é nada de grave ou catastrófico se for construtivo, desde que não ocorra com frequência e de forma perigosa, que seja algo administrado de forma lucrativa para os dois e não deixe resquícios ou mágoas.

Na relação do casal podem existir diferenças grandes e comunicar o estado de espírito é uma forma de lidar com o parceiro e de fazer valer a sua própria identidade, resolvendo um conflito que se não exposto poderia levar a uma crise do casal.

Por que acontecem as brigas de casal? Aqui estão as causas

Por que acontecem as brigas de casal? Aqui estão as causas

Identificamos os motivos mais frequentes de brigas de casal que ocorrem.

Em primeiro lugar, a família de origem: às vezes não é possível ter total independência e separação dos pais e isso poderia gerar desconforto no parceiro, que teria um papel marginal nas decisões.

Questões econômicas: a gestão do dinheiro nunca é fácil, especialmente se você tiver hábitos diferentes a esse respeito

Em seguida, há a partilha de espaços, no sentido da convivência. Falamos aqui de compartilhar um mesmo teto e da falta de espaços próprios. Lembre-se que cada pessoa no casal precisa ter seu espaço.

Amizades antigas: Algumas amizades, que trazem o passado à tona, podem não agradar o parceiro, sendo motivo de brigas. Por exemplo pessoas que são amigas suas e do seu ou da sua ex.

Férias e passeios: eles podem trazer à tona preferências e gostos diferentes, o que acaba sendo motivo de desentendimentos e choques no casal.

Os comportamentos negativos mais comuns em brigas de casais

Por que acontecem as brigas de casal? Aqui estão as causas

A utilidade das brigas de casal costuma passar por um fio tênue: porque se é verdade que discutir é útil para gerar abertura e, portanto, para fortalecer o casal, também é verdade que é muito fácil escorregar para uma briga improdutiva.

A clássica briga como fim em si mesma e que muitas vezes fica sem solução, que – ao invés de se tornar uma via de comunicação e esclarecimento – se torna apenas uma forma de prejudicar a saúde do casal e a serenidade de quem faz parte.

Vamos ver quais são os comportamentos mais comuns de casais que brigam e não são bons para o casal:

1 – não levar em consideração o ponto de vista do outro,

2 – Ter atitudes egoístas,

3 – Ter atitudes de desafio e provocação,

4 – Tem uma atitude de oposição e enfrentamento,

5 – Não ter autocontrole,

6 – Guardar rancor,

7 – Ser ofensivo,

8 – Apontar os pontos fracos uns dos outros,

9 – Não estar disposto a ceder em nada.

O que não fazer após uma discussão

Depois das brigas de casal, é muito importante:

1 – Não ficar remoendo o que foi discutido por exemplo no dia seguinte, o que passou, passou, tente resolver as questões durante a discussão para que ela seja produtiva, não a prolongue eternamente,

2 – Não refletir sobre o que causou a briga, pois é importante saber os motivos, para poder se corrigir,

3 – Ficar magoado (a) e começar a tratar o parceiro mal ou com indiferença,

4 – Não ter uma atitude de superioridade, achando que “venceu” a briga. Se uma pessoa acha que “leva a melhor” sobre o parceiro em um relacionamento, então as coisas estão indo pelo caminho errado, da competição e não da cumplicidade e cooperação.

Como se reconciliar depois de uma briga?

Como se reconciliar depois de uma briga?

Como já dissemos, a briga é um momento importante para o casal, mas com enorme facilidade pode se tornar destrutiva.

Se as brigas de casal foram muito destrutiva e envolveu ofensas, fica mais difícil se reconciliar por completo, então tome cuidado com as palavras, para que sejam sinceras, mas não ofensivas.

Se de qualquer modo você não se segurou, é importante pedir desculpas se exagerou. E mostrar também que quer a paz entre vocês não só até as palavras, mas também através de ações.

Faça ações e gestos que demonstrem que você quer que fique tudo bem.

Depois da tempestade, é bom trocar carinhos, falar de coisas agradáveis e refrescar a cabeça.

Como evitar novas brigas?

Em primeiro lugar, para evitar novas brigas de casal, é bom vocês começarem a dialogar mais antes que elas estourem.

Falem mais de si mesmos um com o outro. Se algo estiver te incomodando, fale logo antes que esse sentimento exploda.

Lembre-se que cada casal tem sua dinâmica, seu jeito de ser e conviver.

Por isso vocês precisam encontrar seus pontos de concordância e discordância, anotar tanto o que incomoda vocês como o que os entusiasma, para saberem o que devem corrigir e melhorar e o que pode ser uma base forte em que vocês podem se apegar em momentos difíceis.

Não deixe as brigas de casal em aberto

Muitos casais aplicam uma estratégia talvez prejudicial para tentar superar brigas: eles simplesmente fingem que não aconteceu nada ou interrompem a discussão pela metade, colocando uma pedra sobre ela.

Isso é muito mais comum do que pensamos e por um momento pode parecer uma boa estratégia para desarmar dinâmicas nocivas, mas na realidade é como enterrar uma bomba, que mais cedo ou mais tarde voltará à luz e irá explodir.

Encontrar a paz e a concordância é uma habilidade que se aprende juntos.

Por isso é importante chegar ao final da briga, encontrar um ponto de encontro, mesmo que isso signifique fazer um pequeno sacrifício.

Observe a maneira como vocês brigam

O roteiro de qualquer briga é quase sempre o mesmo: começa-se discutindo a questão que criou a discórdia e, em pouco tempo, a briga degenera, explorando outros assuntos, puxando para o meio questões do passado.

Aí muita coisa guardada pode vir à tona e se corre o perigo da agressão verbal.

Pare e olhe para si mesma (o): tente refletir e observar cuidadosamente onde você chega quando começa a discutir.

Se desencava assuntos muito antigos, é sinal de que precisam resolver aqueles assuntos, que você já engoliu muitos sapos.

Não adianta varrer a sujeira para baixo do tapete, lembre-se sempre disso!

Melhor é ver logo o que te incomoda e expor isso com tato antes que seja impossível desarmar a bomba!



Dúvidas no Amor?


Nossos Tarólogos Online respondem tudo!


A partir de R$ 9,90

Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas agora mesmo!


Veja também...

agosto 20, 2021

agosto 6, 2021

julho 20, 2021

>