maio 18, 2020

A prática e os benefícios da meditação.

COMPARTILHE

Você sabe ou conhece quais os benefícios da meditação?

Os benefícios da meditação são muito abrangentes, restaura, equilibra e harmoniza tanto o copro, a mente como o espírito.

O objetivo da meditação é nos tornar capazes de focar a atenção em primeiro lugar em nós mesmos, seguindo percepções, sensações, pensamentos e emoções. Ou então podemos colocar essa atenção no ambiente externo, para alcançar um nível de maior consciência e calma interior. Através da meditação, é possível reduzir o estresse, a ansiedade, o medo e a raiva.

Numerosos estudos apoiam a eficácia da meditação no gerenciamento de diferentes formas de dor. Um exemplo eficaz são os estudos realizados na década de 1980 por John Kabat-Zinn.

Em associação com técnicas de visualização (método Simonton), a meditação é comprovadamente eficaz na redução das dores relacionadas ao câncer e na contenção dos efeitos colaterais da quimioterapia. Outros estudos atestam a importância da aplicação dessas práticas no pré-operatório, para incentivar a redução do tempo de internação e a redução da dor que deriva dos procedimentos cirúrgicos.

Como começar a ter os benefícios da meditação

Como começar a ter os benefícios da meditação

Ainda que praticantes experientes recomendem duas sessões diárias de vinte minutos, é possível começar com uma sessão de cinco minutos por dia. A posição que assumimos é importante. Portanto, após fazer alguns alongamentos para relaxar os músculos, procuraremos uma postura que não sobrecarregue os músculos dos ombros, pescoço e região lombar. Por exemplo, poderíamos nos sentar de pernas cruzadas em um travesseiro (posição de lótus), ou em uma poltrona cômoda. O mais importante é se sentir confortável e relaxado, cuidando para que sua coluna suporte o peso do corpo da cintura para cima.

O praticante, vestindo roupas confortáveis, precisa em primeiro lugar de um local silencioso, que lhe permita a oportunidade de se concentrar sem interrupção. O silêncio não é necessariamente um requisito; incluir um ruído de fundo em sua consciência e prestar atenção a outros ocasionais pode se tornar parte de nossa prática de meditação. Pode-se usar música, por exemplo. Uma boa regra é estabelecer, antes de começar, o tempo que dedicaremos à nossa prática.

Feito isso, podemos fechar os olhos (com a experiência, será possível meditar com os olhos abertos, simplesmente mantendo uma visão suave no vácuo, ou então focando-a em um ponto). Um bom ponto de partida é focar na sua própria respiração, talvez usando imagens mentais (por exemplo, o movimento da barriga que se eleva, o fluxo de ar que enche nossos pulmões a cada respiração), observando suavemente a frequência e a intensidade, alterando-a durante a prática e assim por diante.

Alguns tipos de meditação abrangem a repetição de um mantra, ou seja, um som, uma palavra (por exemplo, “paz”, “tranquilidade”) ou uma frase (por exemplo “Sat, Chit, Ananda”, que significa “Existência, Consciência, Bem-aventurança” em sânscrito). Existem muitas formas de meditação. Um exemplo é o progressivo relaxamento corporal, através do qual a atenção é gradualmente colocada nas várias partes do corpo, buscando sensações ou simplesmente observando seu estado, isso também andando ou fazendo outras atividades, é uma meditação na vida cotidiana.

Pode-se também suprimir as imagens mentais e observar os pensamentos, sem interferir neles, sem fazer pressão. Até que aos poucos desapareçam. O esvaziamento da mente pode ser ajudado pela respiração, uma respiração lenta e tranquila preferencialmente.

Quais os benefícios da meditação?

Indicamos aqui um breve relatos sobre alguns dos benefícios da meditação, claro que existem vários outros, porém vamos elencar apenas alguns aqui.

Benefícios da meditação na atividade cardiovascular:

Benefícios da meditação na atividade cardiovascular

Os efeitos positivos da meditação também são encontrados em alguns exames cardiovasculares. Por exemplo, pesquisas observaram que a prática constante melhorou certos parâmetros relacionados ao bem-estar do coração.

De acordo com uma dessas pesquisas, aqueles que praticavam meditação Vipassana diariamente tinham 48% menos chances de sofrer um ataque cardíaco ou derrame do que aqueles que durante cinco anos haviam participado de cursos voltados à saúde onde eram levados em consideração o exercício físico e a dieta.

Benefícios da meditação cerebrais e mentais:

Em estudos recentes, diversos pesquisadores detectaram uma melhora no humor e nos níveis de elasticidade cerebral em pessoas que praticavam regularmente alguma forma de meditação. Assim, as pessoas que meditam tendem a ser mais vivazes e a terem sempre novas ideias e inspirações para resolver diferentes situações e problemas.

Beneficíos da Meditação – A resposta ao relaxamento:

A resposta ao relaxamento (RR) é um estado oposto à resposta ao estresse. Os resultados de diversos estudos demonstram repetidamente a eficiência do relaxamento que abrange a mente e o corpo, sempre direcionado a reduzir o estresse crônico e a melhorar o bem-estar. As pessoas que meditam se mostraram, em diferentes pesquisas, menos irritadiças e muito menos agressivas do que pessoas que não praticam nenhuma forma de meditação.

A meditação, integrada a terapias de outro tipo, também pode ajudar a reduzir sintomas ligados ao estresse e à pressão do dia a dia como hipertensão, ânsia, insônia e dores corporais. A resposta ao relaxamento podendo se manifestar através da concentração em uma palavra, um som, uma frase, uma oração e um movimento, ignorando os pensamentos do dia a dia.

Cada pessoa pode escolher o tipo de meditação que mais agrada a ela, que se adapta melhor ao seu jeito de ser. E existem pesquisas que também indicam que a resposta ao relaxamento inclui uma melhora do metabolismo energético e efeitos anti-inflamatórios. Dores de cabeça podem ser aliviadas sem a necessidade de medicamentos.

A mente e o corpo, fica assim demonstrado, estão interligadas. E quanto mais anos a pessoa praticar um certo tipo de meditação, maiores serão os benefícios.

Meditação e felicidade

Meditação e felicidade

Um dos importantes benefícios da meditação acaba sendo, para o praticante, um momento para cuidar de si mesmo. Pode acabar sendo também um momento para “organizar” a vida interior, limpando a mente de dezenas de pensamentos inúteis que costumam só nos atrapalhar e gerar tristeza ou agitação inútil.

Segundo estudos de Daniel Gilbert, pesquisador de Harvard especializado em “felicidade”, uma mente dispersa é uma das principais causas de infelicidade. Sua pesquisa mostrou que, em média, passamos 46,9% do tempo acordado com pensamentos desconectados da atividade à qual estamos nos dedicando. Basicamente, prestamos mais atenção ao que está acontecendo fora de nós do que em nós mesmos, e isso nos faz viver mal. As preocupações paralelas acabam atrapalhando nosso rendimento nas atividades que pedem nossa dedicação. E essas atividades, se mal desenvolvidas, podem gerar resultados ruins, que proporcionam insatisfação e infelicidade.

Para sermos mais felizes, portanto, a chave pode ser a meditação.

leia também: Por quê a meditação é importante no dia-a-dia?

Gostou do artigo os benefícios da meditação? Comente aqui e compartilhe em suas redes sociais

Namastê.


Compartilhe!


VT-Post-Vanessa-Ramos

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.


Veja também...

junho 26, 2020

março 7, 2019

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Publicação Anterior
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"b4fbe":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"b4fbe":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"b4fbe":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Próxima Publicação

Deixe seus comentários...

  • {"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
    >