Quando falamos de banhos poderosos, estamos nos referindo a energia que cada erva tem, qual a sua finalidade e propriedade, não devemos esquecer que são energias vivas, por isto a sua força.

Existem banhos poderosos para quase tudo dentro da Umbanda, mas que pode ser usado por quem não é umbandista também, basta apenas saber a qualidade da erva e sua função.

Primeiro vamos dividir as ervas em três, teremos as quentes, as mornas e as frias:

  • Quentes são as mais agressivas e por isto não se pode lavar a cabeça com elas, o banho deve ser feito do pescoço para baixo.
  • Mornas são as equilibradoras, e podemos lavar a cabeça com elas, sem nenhum prejuízo ao nosso chacra coronário o da cabeça
  • Frias são ervas calmantes ou indicadas para algum tipo de tratamento físico e não tem o cunho religioso.
dúvidas no amor? faça agora uma consulta de tarot online

3 tipos diferentes de banhos poderosos

Banhos de descarrego

Este é um banho poderoso, são indicados para pessoas obsidiadas e impregnadas com larvas astrais, necessitadas de tratamentos mais eficazes.

Certas ervas já são naturalmente descarregadoras, como a arruda, o guiné, a espada de São Jorge, folhas de fumo, as cascas de alho, o bagaço da cana, a folha de bambu, a folha do pinhão roxo e a aroeira.  

As ervas atuam na aura da pessoa eliminando grande parte das larvas e dos miasmas astrais.

Deve ser tomado por 7 dias em casos mais sérios.

Este banho se parece muito com o de sal grosso, só que tem a sua duração e efeito maiores.

OBS: falei sobre 7 dias, mas quem vai dizer quantos dias deverá tomar sera a entidade que recomendar o banho.

Por ser de ervas quentes, não podemos ser jogados na cabeça, sempre do pescoço para baixo.

Club vida tarot

Banho de energização

Este banho é preciso ser tomado depois do banho de descarrego ou de sal, para restabelecer o equilíbrio energético que as ervas quentes retiraram.

Este banho refaz o teor positivo da aura, reativando os chacras.

Devem ser tomados sempre pelos médiuns da casa ou após um trabalho muito pesado.

Ervas como: alfazema, alecrim, sálvia, picão branco, rosa branca ou flores brancas, boldo, anis estrelado.

E por serem ervas normas e equilibradoras podem ser jogadas na cabeça.

Banho de Defesa

Este banho tem por finalidade fechar todos os chacras, para proteção, preservando sua manutenção energética e impedindo a impregnação com energias negativas durante determinados rituais.

Deve ser usado por médiuns, antes de prestar atendimento a assistência, nas giras de esquerda ou quando frequentam lugares com muita gente, onde as energias se misturam muito.

Ervas que podem ser usadas: arruda, guiné, espada de São Jorge, sal grosso, por serem ervas quentes, não se pode lavar a cabeça com este banho, use do pescoço para baixo.

Banho de Fixação

Este banho só deve ser tomado por médiuns que irão realizar trabalhos aprofundados de contato mais direto com as entidades elevadas, no geral estes rituais são internos ou seja, fechado ao público.

As ervas utilizadas aqui são as ervas relacionadas diretamente aos Orixás regente do médium em questão, por exemplo uma filha de Iemanjá, vai tomar banho de rosa branca, mas não podemos simplificar desta forma.

Este banho é indicado pelo Orixá, Sacerdote, ou entidade, que poderá pedir outra erva para o banho de fixação do médium.

Neste caso são usadas ervas mornas, para poder lavar a cabeça do médium.

Banhos Poderosos: energias vivas para sua vida

Como fazer o Banho?

No geral não fervemos as ervas junto com a água, primeiro fervemos a água para depois colocar as ervas e tampar o recipiente onde o banho se encontra.

O banho pode ser ainda massarado, ou seja, após ferver a água e colocar as ervas dentro da água, as ervas devem ser trituradas com as mãos e antes de tomar o banho que será da cabeça aos pés, deve-se coar o banho e despachar as ervas em um jardim.

Existe também banhos em que a entidade pede para deixar a água (fria) com as ervas, do lado de fora da casa, para passar a noite sob o luar antes de se tomar o banho.

Quando um banho não usar ervas, mas sim bebida alcoólica deve se esquentar levemente a bebida, para não perder o álcool.

Quantos dias tomar o banho?

Quando tomar o banho e quantas vezes deverá ser tomado é dito pela entidade que pediu, há banhos que precisam ser tomados por 7 dias seguidos sem falhar nenhum, há outros que um banho apenas em um dia determinado por exemplo uma sexta feira, já resolverá.

Mas isto tudo depende da necessidade do consulente, e da entidade que esta cuidando do mesmo.

Pode acontecer de ser necessário tomar um tipo de banho por 7 dias e logo em seguida outro tipo, que é o caso do descarrego e energização.

O banho de sal por exemplo, ele retira da pessoa as energias negativas e as positivas, então é preciso tomar no dia seguinte ao banho de sal grosso, um banho energizante, que pode ser de alfazema, rosa branca, camomila, arruda, enfim, a entidade também dirá qual erva ou elemento usar.

Conclusão:

Todos os banhos são poderosos, basta sabermos como fazer e para qual finalidade.

Não podemos nunca esquecer que as ervas e a água, são elementos vivos que atuam em nossas áureas de forma direta e rápida, se não tivermos o cuidado ao preparar o banho e o respeito pelas ervas que estão sendo usadas, o efeito pode ser o contrário do que se deseja.

Não podemos esquecer que estes banhos poderosos, atuam no físico e no espirito, portanto, qualquer coisa errada que fizermos, sofreremos as consequências.

O banho serve para harmonizar, equilibrar o que não está muito bom em nós e no ambiente em que vivemos.

Se houver harmonização, haverá abertura de caminho, prosperidade, relações amorosas saudáveis, mas isto tudo só será permitido se você estiver harmonizado com você.

Gostaram o artigo?

Se sim, compartilhe em suas redes sociais.

Ficou com alguma dúvida, ou quer fazer algum comentário ou sugestão?

Mande-nos um e-mail e teremos o maior prazer em responder.

Até o próximo artigo.

Faça agora mesmo uma consulta de tarot online no site Vida Tarot