julho 13, 2021

Banho de erva-doce, para que serve?

Características gerais da erva-doce

Características gerais da Erva-doce

A erva-doce é um vegetal particularmente versátil, com um aroma agradavelmente intenso.

Faz parte da família Apiaceae, a mesma que a cenoura, o coentro e o cominho.

O cultivo tem origens bem antigas, sendo ela originária da Ásia Menor, mas se difundiu em todas as áreas temperadas da Europa. Já era conhecida dos egípcios, gregos e árabes.

É basante utilizada na cozinha, e é benéfica especialmente em dietas leves e desintoxicantes.

Propriedades nutricionais da erva-doce

A erva-doce é um vegetal composto por 90% de água e tem um teor calórico muito baixo. 100 gramas contêm aproximadamente 31 calorias.

Totalmente isenta de qualquer gordura, é portanto particularmente indicada para quem segue uma dieta hipocalórica (de poucas calorias), também graças ao poder saciante (que satisfaz a pessoa mesmo que não coma muito) proporcionado pela boa ingestão de fibras (cerca de 3 gramas).

Contém uma boa quantidade de minerais como cálcio e fósforo (úteis para fortalecer os ossos e prevenir a fadiga), mas o mais presente é o potássio. Ela também contém vitaminas A, C e algumas do grupo B. É bastante rica em flavonoides.

Graças às suas muitas propriedades, a erva-doce é amplamente utilizada na medicina fitoterápica: é usada principalmente para problemas de digestão, tratando cólicas e espasmos abdominais, e ajuda a regular a função hepática.

Benefícios da erva-doce

É um vegetal conhecido, principalmente por seus efeitos “milagrosos”.

Benefícios da Erva-doce

A erva-doce é extremamente útil na resolução de problemas digestivos, proporcionando também uma ação diurética desintoxicante em caso de problemas intestinais (como espasmos leves) ou ajudando a aliviar a incômoda sensação de inchaço abdominal.

Graças à presença da vitamina C, ajuda a fortalecer o sistema imunológico, desempenhando também uma ação antioxidante.

As sementes obtidas a partir de um crescimento prolongado da planta, são utilizadas para criar chás de aroma intenso graças à presença de anetol, um óleo essencial presente tanto na erva-doce como no funcho. É possível obter licores ou produzir substâncias para uso cosmético.

Por ser um vegetal rico em flavonoides e fitoestrogênios (substâncias estrogênicas naturais), a erva-doce também pode fornecer um efeito de equilíbrio nos níveis de hormônios femininos.

Efeitos colaterais e contraindicações da erva doce

As sementes de erva-doce, apesar de sua riqueza e de serem benéficas em geral, podem ser potencialmente perigosas para a saúde. A causa é a presença, em quantidades mínimas, de estragol, substância definida como cancerígena por alguns órgãos competentes, mas certos efeitos negativos só ocorrem com a ingestão excessiva por meio de decocções à base de sementes.

Fora o estragol, a erva-doce não tem contraindicações especiais, exceto no caso de intolerância às substâncias presentes nas sementes. Neste caso pode causar irritação e hiperacidez causadas pelo óleo essencial.

Também por esse motivo, o uso de erva-doce não é recomendado durante a gestação e a amamentação.

Como fazer chá de erva-doce

Fazer chá de erva-doce é extremamente fácil e simples.

Aqui explicamos quais os ingredientes necessários e as etapas a seguir:

Ingredientes necessários: 2 colheres de chá de sementes de erva-doce, 1 xícara de água

Preparação: Primeiro coloque amasse  um pouco as sementes de erva-doce com um pilão. Em seguida, coloque a água em uma panela e leve ao fogo até ferver. Quando chegar a este ponto, desligue o fogo, acrescente as sementes de erva-doce levemente trituradas, tampe e deixe descansar por 10 minutos. Depois disso beba.

Quantas xícaras tomar por dia e quando?: É melhor tomar uma xícara de chá de erva-doce meia hora antes das refeições. Você pode tomar até 3 xícaras desse chá por dia.

O chá de erva-doce é um excelente estimulante do sistema digestivo que atua positivamente quando estimula a digestão, por isso é muito útil em caso de digestão lenta, pesada ou difícil.

Também é um remédio adequado para aliviar a sensação de estar cheio demais, causada principalmente quando comemos em excesso.

Efeito calmante da tosse e bronquite

Embora seja uma qualidade menos conhecida, você sabia que a erva-doce atua como um analgésico natural em caso de bronquite e tosse?

Portanto, o chá de erva-doce é muito útil durante os meses de outono e inverno, quando a gripe, resfriados e outras doenças respiratórias aumentam consideravelmente.

Banho de erva-doce para o amor

Banho de erva-doce

O banho de erva doce é indicado tanto para pessoas que já se encontram em um relacionamento, mas este esfriou um pouco e o parceiro parece devagar e sem estímulo, como para quem está solteira e conhecendo alguém e deseja que as coisas deem certo e esquentem.

O banho de erva-doce atua nas energias que permitem uma revitalização do entendimento do casal (quando já está formado), ajuda na compreensão, favorece a abertura à conversa (também quando ainda não estão em um relacionamento) e ajuda no desenvolvimento da autoestima, fazendo com que a pessoa passe a reconhecer melhor suas qualidades. O que, é claro, ajuda na sedução.

Você vai precisar de:

Erva-doce;

Quatro litros de água;

Rosa branca;

Rosa amarela;

Artemísia;

Violeta;

Camomila;

Louro;

Hortelã;

Lírio;

Verbena;

1 bacia de tamanho grande;

Coador.

Modo de preparo:

Ferva a água e depois jogue na bacia. Adicione então as ervas. Depois que tiver esfriado, coe e pode descartar as ervas em algum lugar na natureza, como um jardim, parque ou bosque.

Use essa água após ter tomado um banho normal, como em todos os dias, deixando descer do pescoço para baixo.

Tome esse banho a cada 3 dias, visualizando a reconciliação de vocês, até que bons resultados tenham sido obtidos.

Se não tiver todas as ervas, o mais importantes é que não deixe faltar a erva-doce.

Banho de erva-doce com cravo e canela para a prosperidade

Banho de erva-doce

Tome este banho de preferência na quinta-feira, dia regido pelo planeta Júpiter, o planeta mais ligado à Prosperidade.

Esse banho irá ajudar você a atrair riqueza e prosperidade, a conseguir um novo trabalho, a abrir caminhos financeiros.

Você vai precisar de:

– 1 litro de água;

– um punhado de erva-doce;

– um punhado de noz-moscada ralada;

– um punhado de cravo-da-índia;

– 1 pau de canela.

Modo de preparar:

Primeiro ferva a água. Será melhor se puder usar água diretamente da natureza. Pode ser de um lago, rio, do mar ou da chuva. Em último caso use a da torneira. Então você pode fazer uma rápida meditação sobre ela, impondo as mãos, para purificá-la de vibrações nocivas. Bastam poucos segundos e sua intenção.

Tendo fervido a água, apague o fogo e adicione os ingredientes. Coloque as ervas em número ímpar. Depois que a água tiver esfriado, vá tomar seu banho do dia a dia e então ao fim dele jogará a água preparada do pescoço para baixo.

Enquanto estiver fazendo isso, mentalize seu desejo de prosperidade.



Marcello Salvaggio
logotipo amazon

Marcello Salvaggio


Sou escritor e pesquisador nas áreas da religião, da literatura, do misticismo e da história.
Considero a espiritualidade a chave fundamental para o entendimento de nossas vidas, para encontrarmos o verdadeiro sentido de nossa existência, e todo meu trabalho é orientado nesse sentido.
Tenho livros publicados no Brasil e na Itália e sou formado em Letras pela USP e auricoloterapia pelo instituto EOMA, escola especializada em acupuntura e em outros ramos da medicina tradicional chinesa.
No campo da terapia e do aconselhamento, considero essenciais a empatia e o respeito ao livre-arbítrio alheio.

Já consultou nossos Tarólogos?

A partir de R$ 9,90


Faça sua consulta online agora mesmo!


Consultores VidaTarot

Coloque um ponto final nas suas dúvidas sobre Amor, Dinheiro, Emprego etc.


Veja também...

agosto 23, 2021

agosto 2, 2021

julho 16, 2021

>